PlayStation.Blog BR

God of War: Como Atreus, filho do Kratos, foi de conceito a realidade

2 0
God of War: Como Atreus, filho do Kratos, foi de conceito a realidade

Diretor do jogo, Cory Barlog, explica como o personagem tomou forma

Como você deve ter notado nos dois trailers lançados até agora, a Sony Santa Monica Studio tem algumas ideias grandes e audaciosas para a aventura de Kratos para PS4 que vem por aí.

Os deus do Olimpo se foram. Com sua vingança completa, Kratos agora reside silenciosamente no reino dos deuses e monstros nórdicos. Mas ele não está sozinho Central à audaciosa versão reimaginada da antiga série está a apresentação de Atreus, filho de Kratos. O jovem estará ao seu lado durante o jogo, enquanto pai e filho embarcam em uma jornada altamente pessoal pelas terras nórdicas.

Entretanto, não é um mero passeio pela floresta. A jornada da dupla representa tanto uma jornada física do ponto A ao ponto B, mas também uma viagem emocional. Atreus é a segunda chance de Kratos como pai, e para ter sucesso nisso, ele precisa confrontar sua raiva e redescobrir sua humanidade. Enquanto isso, Atreus precisa aceitar seu destino e aprender como se comportar menos como uma criança vulnerável e mais como um deus. Como eu digo – não é exatamente um passeio pela floresta.

Para saber mais, conversamos com o diretor do jogo, Cory Barlog, na E3 semana passada, e ele estava feliz em analisar passo-a-passo como o personagem tomou forma:

1. Decidir a aparência de Atreus não foi fácil…
Uma vez que Cory Barlog decidiu sobre o conceito central do jogo, o primeiro desafio foi escolher a aparência da prole de Kratos. Dada a enorme personalidade e aparência icônica do protagonista, essa não era uma tarefa fácil…

“No começo, tentei descrever aos nossos artistas pelo que Atreus passaria, e o que ele já tinha feito,” Barlog se recorda. “Dei a eles uma ideia do mundo que ele estava prestes a vivenciar – um mundo que não será amigável. Mas não acho que isso ajudou muito o time.”

Em seguida, Barlog e equipe reuniram imagens de referência, mas novamente, continuaram a ter dificuldade em visualizar Atreus.

“Em um ponto nós sentamos e dissemos a nós mesmos, “Como Kratos seria com 10 anos de didade? Vamos fazer um desenho e ver se encontramos algo análogo a partir do qual podemos trabalhar.’ Mas isso também não funcionou – era meio engraçado e estranho.”

2. O visual de Atreus é baseado em um pessoa real
A equipe continuou a bater de cara contra uma parede, até começar o processo de selecionar o elenco. Foi aí que o destino bateu à porta…

“Conhecemos Sunny Suljic e o teste dele nos surpreendeu completamente, era algo tipo ‘Nossa, esse moleque é incrível.” E aí aconteceu algo maluco – ele tinha a exata cara que imaginei para Atreus.

“E partiu daí. As imagens iniciais que escaneamos de seu rosto eram tão impressionantes, e isso foi até antes de adicionar cabelo nele. Ele tinha esses enormes olhos azuis com uma cara de inocência, mas também parecia ter visto coisas. Ele era perfeito.”

3. O relacionamento de Kratos e Atreus foi definido em um conto
Tão desafiador quanto decidir sobre sua aparência foi definir a personalidade de Atreus e as dinâmicas de pai e filho. Os ossos disso foram definidos por um conto que Cory escreveu no início do desenvolvimento para servir como fundação para a equipe de roteiristas – Rich Cobert e Matt Sofos.

O processo foi direto – apenas um breve retrato de Kratos e Atreus em uma expedição de caça na floresta – mas deu ao time contexto vital para transformar a visão de Barlog em realidade.

“Criei a história para o resto da equipe,” Barlog se recorda. “Eles podiam ler, podiam visaualizar, eles podiam sentir como se estivessem lá. Ele podiam dizer, ‘Ah, então esse é Kratos agora, e esse é seu filho.’ Eu acho que esse conto realmente ajudou a equipe a abordar isso.”

E, certamente, esse conto virou a base do trailer de revelação da E3 2016.

4. Definir o ‘estilo de educação’ de Kratos’ levou tempo…
Então, exatamente que tipo de pai é Kratos? Afinal, ele é o cara que arrancou a cabeça de Hélio para usar de lanterna – ele não é exatamente o tipo de pessoa emocional e carinhosa.

“Descobrir como acertar isso direitinho foi difícil,” Barlog admite.

“Kratos não é um cara que vai conversar muito com você. Acho que muitos de nós tiveram pais que são de uma geração não muito loquaz. Eles eram homens de poucas palavras. Não quer dizer que você tinha um relacionamento ruim, só queria dizer que eles não eram muito conversativos na maior parte do tempo.”

Levou tempo para o novo Kratos mais maduro tomar forma, e as primeiras tentativas da equipe de roteiristas nem sempre acertou.

“Certas pessoas na equipe tiveram muito a dizer sobre os primeiros rascunhos,” Barlog relembra. “Acho que uma pessoa disse que uma versão inicial era deprimente; que Kratos era duro demais com Atreus e tínhamos ido longe demais.

“Mas esse feedback eventualmente nos levou ao momento mágico da revelação original da E3, no qual Kratos começa a gritar com Atreus e então respira fundo, Ele precisa se acalmar, falar com dentes rangendo e explicar para Atreus onde ele errou. E isso é real; é um momento de verdade. Não surgiu imediatamente; veio desse desafio inicial com o resto da equipe.”

5. Como você ensina um garoto a se tornar um deus?
Como notado acima, há dois arcos narrativos ambiciosos em God of War para PS4. Primeiro, como exatamente você planeja a jornada de um garoto comum em seu caminho para virar um deus? É uma pergunta difícil para qualquer equipe de roteiristas.

“Bem, não é tanto sobre Kratos ensinando Atreus como ser um deus, mas como não repetir os mesmos erros dele,” esclarece Barlog.

“Para Kratos, ser um deus é uma doença. É uma doença que ele passou para esse garoto, e ele não quer isso. Em nossas crianças, muitas vezes enxergamos nossos próprios erros – as piores partes de nós mesmos, amplificadas. Mas Kratos odeia tudo sobre ser um deus. Tudo que ele quer é garantir que os erros que cometeu não sejam passados e repetidos.

“Mas então, é claro, ele também precisa garantir que seu filho possa se cuidar – não é um mundo amigável lá fora…”

6. E como você ensina um deus a ser humano?
Por sua vez, cabe a Atreus – apesar de talvez subconscientemente – ensinar seu pai como ser humano. Então, dos dois, quem tem a tarefa mais difícil?

“Atreus!” responde Barlog imediatamente.

“A humanidade de Kratos está presa em um cofre profundo dentro de si mesmo. O caminho até ele é longo e difícil. Mas uma vez que Kratos chegue lá, se relacionar com seu filho será como andar de bicicleta. Só foi suprimido por tempo demais.”

Comments are closed.

2 Comments

  • Cada vez mais ansioso com esse jogo. hahaha

    • Joelle Messianu
      Joelle Messianu

      Já era hora do Kratos voltar… olha só como a barba dele cresceu desde a última vez que o vimos!

Please enter your date of birth.