Kilka Card Gods para PS Vita: A influência peruana

2 0
Kilka Card Gods para PS Vita: A influência peruana

 

Você já teve a chance de jogar Kilka Card God? O jogo mais recente do nosso estúdio, Bamtang Games, foi lançado no dia 10 de junho para PS Vita – o primeiro jogo a ser lançado como uma auto publicação por um estúdio de desenvolvimento latinoamericano na plataforma PlayStation. Estamos todos muito animados! Kilka Card Gods é o resultado de muitos anos de desenvolvimento e esforço e estamos extremamente felizes que um dos nossos jogos está abrindo o caminho para que mais jogos desenvolvemos no Peru e América Latina possam ser lançados para PlayStation.

Nós estamos especialmente orgulhosos do Kilka Card Gods porque o jogo tem a oportunidade de mostrar elementos da cultura peruana. Existiram alguns jogos que incluíram o Peru como parte da narrativa e, na maioria dos casos, desenvolvedores não estiveram atentos o suficiente para o jeito que o país e a cultura foram representados no jogo.

Com Kilka, nós pretendemos mudar isso e mostrar que as coisas podem ser feitas de outra forma – a riqueza da cultura peruana pode ser adequadamente capturada de um jeito que mostra tradição e, ao mesmo tempo, vai formando uma nova história com personagens pelos quais os jogadores podem se apaixonar.

Essa foi a ideia que nos incentivou no design do Kilka. Nós queríamos mostrar a cultura tradicional peruana como se tivesse conversando diretamente com outras grandes civilizações. Machu Picchu é uma das Sete Maravilhas do Mundo. Nós pesquisamos a história de cada uma das Sete Maravilhas para ter certeza que estávamos mostrando cada cultura da forma correta. Esses lugares se transformaram na base para sete card gods com os quais o jogador encontra enquanto joga Kilka.  Como explica Oscar Choquecota, diretor de arte, “nós tivemos que aprender um pouco sobre cada lugar, aprender a história por trás de cada uma das Maravilhas e procurar referências culturais que nos ajudem a proporcionar a personalidade de cada lugar.”

Quanto mais pesquisamos, mais desenvolvemos o estilo visual para o jogo, e isso nos fez com que ajustássemos a mecânica e a narrativa. “Imediatamente tiramos o visual do cassino porque não era o que queríamos mostrar. Implementando o conceito dos card gods, sentimos que deveríamos transmitir um sentimento de aventura mais forte”, explica Oscar. O jogo Kilka não é um jogo de cartas e chance, como Blackjack ou Poker, mas um quebra-cabeças que se originou nos Andes – por isso o nome “Kilka”, palavra da língua quéchua para artes plásticas e artesanato.

No mundo do jogo, Kilka é apresentado como uma sensação global, com o protagonista, Yupanki, ganhando o Campeonato Kilka mundial em Paris logo depois de começar o jogo. Kilka Card Gods depois virou dois jogos: o jogo do Kilka, onde os jogadores resolvem uma série de quebra-cabeças baseados em cartas que fica cada vez mais difícil e o metagame, onde os jogadores ajudam Yupanki a defender os sete card god, e reconquistar seu lugar como campeão mundial Kilka.

O Yupanki se transformou em uma peça essencial da narrativa – um protagonista peruano único criado de uma série de elementos tradicionais. Oscar se lembra de que no começo “nós precisávamos de um personagem líder que poderia dar ao jogo uma cara amigável e que avançaria junto com o jogador e daria dicas no jogo. Por causa da sua aparência e roupas, ele é indiscutivelmente peruano, mas nós gostaríamos que ele parecesse ‘exótico’ e com a sua própria personalidade. Yupanki é parte de uma coleção pequena (que está crescendo)  de personagens da Bamtag e adoraríamos vê-lo de novo em um projeto futuro, talvez melhorando suas habilidades como um pensador de classe mundial.”

Esse foi nosso jeito de enviar uma mensagem importante: não só que a cultura peruana tenha sido apenas um “grande jogador” entre as maiores civilizações na historia do planeta, mas também que um jogo que se origina no Peru pode se transformar em um fenômeno global, chamando a atenção do mundo. Kilka, o jogo dentro do jogo, é nosso jeito de falar que há muito a ser compartilhado e apreciado na cultura do nosso país que pessoas ao redor do mundo podem achar interessante, cativante e valioso; Kilka Card Gods é nosso jeito de colocar essa ideia em ação.

Nós esperamos que você se divirta jogando Kilka Card Gods, assim como nós adoramos produzi-lo. Como você pode ver, nós estamos orgulhosos de poder apresentar esses estilos de  visuais, histórias e lugares tão familiares para nós aos jogadores que vão jogá-los pela primeira vez. Esperamos que os personagens que criamos baseados nessas culturas tradicionais tenham a oportunidade de viver além do jogo – que ainda possamos ver Yupanki e os card gods em jogos futuros e outros tipos de mídia.

Kilka Card Gods é um marco importante para Bamtang Games e para desenvolvedores no Peru, e você pode esperar para ver mais de nós em diferentes consolesPlayStation em um futuro próximo!

Os comentários estão fechados.

2 Comentários

Por favor, informe a sua data de nascimento.