Monstros de God of War: Ascension – Polifemo

9 0
Monstros de God of War: Ascension – Polifemo

Conforme começamos a nossa jornada até o lançamento de God of War: Ascension, em março de 2013, queremos explorar cada vez mais todos os aspectos do universo de God of War para dar a você uma noção mais profunda da criação, do design, da tradição e da jogabilidade que estão sendo incluídos no jogo. Bem-vindo ao primeiro post da série “Monstros de Ascension”.

Em God of War: Ascension, estamos introduzindo uma experiência multiplayer épica e sem precedentes. Você se tornará um Campeão dos Deuses, mas não antes de encontrar e dominar um dos maiores titãs de toda a série God of War – Polifemo.

Monstros de God of War: Ascension – Polifemo

O ciclope titânico Polifemo – o gigantesco filho de Posêidon que só tem um olho – é um chefe brutal no nosso mapa multiplayer no deserto. Ele vai literalmente esmagar você e seus inmigos (repetidamente) até você ganhar favores suficientes dos Deuses para adquirir a Lança do Olimpo – a única arma capaz da destruir Polifemo.

Eu conversei com Izzy Medrano, principal artista conceitual de God of War: Ascension, para discutir sobre as contribuições dele para o jogo.

God of War: Ascension para PS3

Aaron Kaufman: O que o inspirou na criação do visual de Polifemo? Outros monstros, filmes, vilões de revistas em quadrinhos, uma viagem à Mesopotâmia, ou quem sabe um membro da equipe de desenvolvimento? Ele é brutal!

Izzy Medrano: Ironicamente, eu baseie um pouco do corpo dele em mim mesmo e em pessoas parecidas comigo. Eu tenho o peito em forma de barril e uma barriga saliente. Alguém notou essa similaridade, então eu desenhei rapidamente uma versão dele com cabelo encaracolado, brincos em espiral e capuz.

Eu encontro muitos desses clássicos monstros gregos, eu misturo coisas realmente tradicionais com coisas bem incomuns. Neste caso, os chifres surgiram bem no começo como uma referência ao ciclope de Ray Harryhausen, do filme A Sétima Viagem de Sinbad, e as correntes de Polifemo vieram de uma espécie de uma perspectiva moderna de piercing/fetiche.

Outra coisas que eu trouxe à forma dele foi o conhecimento de que os mitos originais do ciclope surgiram quando os gregos encontraram pela primeiro vez crânios de antigos elefantes. Os elefantes só se tornaram conhecidos na cultura na era de Aníbal, então é provável que eles tenham inventado a história dos ciclopes para explicar a existência desses fósseis. Com isso em mente, eu adicionei pequenas presas no personagem e uma textura de elefante na pele dele.

God of War: Ascension para PS3

AK: Como você se sente sabendo que Polifemo é um chefe do modo multiplayer em vez de um chefe tradicional do modo solo que você está acostumado a criar para God of War?

IM: Eu estou realmente contente com o papel do Polifemo no modo multiplayer. Ele é o chefe multiplayer de God of War criado até hoje, e abriu novos caminhos de diversas maneiras. E o aspecto técnico é apenas uma delas. Trata-se de um típico chefe titânico de God of War que estamos acostumados a ver no modo solo, só que no caos do multiplayer para oito jogadores. É incrível! Ele pode não ser o que eu estou acostumado a fazer, mas definitivamente tem seus méritos.

AK: O que Polifemo tem de tão especial?

IM: Se você prestar atenção nos piercings do nosso amigo, notará que há três piercings gigantescos o mantendo no lugar. Dois estão cravados nos seus braços. Eles separam o bíceps do úmero, no que pode ser considerada a mais intensa modificação corporal de todos os tempos. A dor de ter os seus músculos constantemente puxados do osso deve ser incrível. Mesmo assim, ele movimenta os braços com toda sua força para destruir os humanos insignificantes em sua mesa de jantar.

Para mais detalhes, acesse blog.godofwar.com.

Os comentários estão fechados.

9 Comentários


    Loading More Comments

    Por favor, informe a sua data de nascimento.