PlayStation.Blog
Sports Champions 2 para PS Move

The Last of Us – Os Bastidores de Uma Cena

Arne Meyer's Avatar + Postado por Arne Meyer on ago 15, 2012 // Community Strategist, Naughty Dog

Ontem, durante a gamescom na Alemanha, Troy Baker, a voz de Joel, e Ashley Johnson, a voz de Ellie, subiu ao palco com o moderador Arne Meyer, Estrategista de Comunidade da Naughty Dog, para falar sobre o processo cinematográfico, as atuações e as ideias criativas em The Last of Us. Antes da apresentação começar, o nosso diretor de jogo deu algumas palavras sobre o projeto.

Para tornar tudo o que Bruce e Neil discutiram no vídeo uma realidade, as atuações de Troy, Ashley e cada ator envolvido tem um papel muito crucial. A captura de atuação é um processo longo e demorado. Envolve roupas de mocap apertadas, diversas horas, muita escrita e, às vezes, um pouco de improviso. Chamamos a atenção para estas atuações – um dos primeiros passos para o processo cinematográfico do jogo – durante a nosso debate na San Diego Comic Con. Na gamescom, fomos fundo no processo, e agora você pode assistir ao mocap da cena que apresentou Bill, interpretado por W. Earl Brown.

Câmeras de alta tecnologia gravam os marcadores de rastreamento nas roupas de mocap para capturar estas atuações. Os dados de mocap cru são entregues a nossa equipe, limpos, e então acontece o próximo passo no processo cinematográfico.

Seis passos em coisa de um minuto. Fazer cenas de jogos parece fácil, certo? O que você viu foi um grande resumo de mais de dois anos de planejamento, atuações, roteirização, animação, iluminação e arte. Então aplicamos alguns ajustes, melhorias e afinamentos. E então, coisas que nunca passam para fora da porta.

E foi onde finalizamos. Mais uma cena pronta. Mas ainda há muito trabalho a ser feito, e mal podemos esperar para compartilhá-los com você.

//Comente também

2 Comentários

1

+ ovelhachata em agosto 16th, 2012 às 7:59 am disse:

Para o governo Paulista games não são cultura, nem desenvolvimento e muito menos gerador de divisas.


2

+ Lucas_Soares94 em agosto 24th, 2012 às 10:03 pm disse:

O governo paulista sabe q os games não são “jogos de azar” amigo mas eles não abrem mãos dos impostos não soh em games mas em tudo, afinal alguém tem q bancar a nobreza ‘-’ isso me faz lembrar o absolutismo francês e me pergunto se algum dia teremos uma revolução como a deles


Os comentários estão encerrados. Os comentários são desabilitados para posts com mais de 30 dias.