Como Forspoken une a magia e o parkour para dar emoção ao combate

1 0
Como Forspoken une a magia e o parkour para dar emoção ao combate

Um teste do conjunto de golpes da Frey demonstra em detalhes como será o ritmo do gameplay.

Conhecemos o elenco, vimos os trailers repletos de ação e ficamos instigados com uma olhada mais de perto nas vilãs centrais do jogo. 

Graças ao teste recente de Forspoken, hoje podemos detalhar como o ritmo do gameplay da jornada de Frey se desenrola. 

Aproveitei o tempo de teste explorando a vastidão de um vale, usando parkour místico e lançando diversos feitiços já desbloqueados. Há cinco objetivos distribuídos pelo mapa que levam os jogadores a missões que apresentam as habilidades da Frey e os desafios que ela enfrentará. Mas além disso, a topografia da região é um convite à exploração, com caminhos montanhosos, rochas flutuantes, pontes gigantescas, lagos e vilarejos assolados. Depois de um breve tutorial na entrada do vale, a exploração livre me aguardava.  

Magias com velocidade

Esse tutorial apresenta a mobilidade mágica de Frey, as opções de combate e, principalmente, como isso tudo se interliga. Alguns humanoides lentos usados como alvo permitem testar essas habilidades de maneira mais relaxada. Ao final da demo, uma batalha intensa contra uma criatura feroz e rápida, que lembra um jacaré, testa tudo o que foi aprendido até então. O equilíbrio entre magias de ataque e apoio — saber quando e como usá-las — e o uso preciso do parkour para acentuar esses feitiços e desviar do perigo. 

Entre esses confrontos que ocuparam os momentos finais do meu tempo de jogo, vi alguns tipos diferentes de inimigos no mapa, prontos para serem enfrentados ou ignorados: multidões de almas corrompidas e hordas de cervos agressivos, crocodilos com chifres de ouro e agressores alados. Um dos objetivos leva Frey até uma ponte patrulhada por demônios portando arcos que, quando derrotados, abrem caminho para um minichefe maior. Todos são servos das Tantas, as governantes malignas de Athia que Frey enfrentará uma a uma. Independentemente de como esses confrontos ocorrerem, ao vencer uma Tanta, o poder dela é adicionado ao seu arsenal. No início da demo, posso explorar dois conjuntos: a magia baseada em terra da Frey e os feitiços de fogo da Tanta Sila. 

A demo culmina em uma luta de chefe contra um Quinkana Alterado, com presas e cauda ameaçadoras, que exige movimentos rápidos para vencer. Essa também é uma ótima oportunidade para usar a magia de apoio de Sila, que invoca uma parede de fogo em volta de Frey. 

Malabarismo com feitiços 

Cada conjunto de magias tem duas ramificações, uma com várias magias de apoio e outra com três magias de ataque. L2 ativa as de apoio e R2 as de ataque. Cada feitiço tem um tempo de recarga diferente e um jeito específico de uso, seja tocando, segurando ou carregando. Segurar um gatilho pode permitir a escolha da área de impacto de um feitiço antes de lançá-lo, a carga de força de outro feitiço ou o disparo de uma rajada contínua de feitiços. A sensação de conjurar cada feitiço é única graças à resposta tátil do controle DualSense do PS5. 

Pressione L1 e R1 juntos para abrir um menu circular e selecionar qual conjunto de magias usar. Segure L1 ou R1 para abrir um menu circular da respectiva ramificação de feitiço, desça até seu tipo escolhido com o controle esquerdo e solte o botão para travar aquele feitiço em uma seleção predefinida. Você tem uma seleção por conjunto de magias, com uma troca rápida usando os botões de direção para a esquerda ou para a direita. 

Use a magia de apoio Bind para controle de grupo, prendendo grupos de inimigos para realizar ataques poderosos. 

É recomendado e necessário trocar de magias frequentemente, pois cada feitiço é feito sob medida para enfrentar determinada quantidade ou tipo de inimigo. Mudar as seleções também é uma boa maneira de encontrar feitiços complementares poderosos. Alguns dos feitiços iniciais favoritos são o Sila Crucible (Apoio) e o Rage Slice (Ataque). O primeiro invoca uma parede de fogo em volta da Frey. Os inimigos que tocarem nela queimarão, mas ela também aumenta o poder de ataque da Frey contra inimigos dentro da área. Rage Slice é uma sequência corpo a corpo com um finalizador que joga os inimigos longe, diretamente para as chamas.  

Um mundo para explorar

Como em qualquer RPG de ação, não há um método que sirva para tudo. Resistência elemental é um fator, por exemplo. Durante os ataques, aparecerá um texto recomendando que você faça algumas alterações. Mas antes dos confrontos, use a varredura do seu Bracelete (botão de direção para cima) para jogar de um jeito mais tático e absorver um pouco mais da história. A câmera se aproximará de qualquer inimigo no raio da varredura e o amuleto senciente no braço da Frey dará várias informações importantes. Vale mencionar que o design de menus de Forspoken e a abordagem com lente olho-de-peixe criam um visual incrível na navegação pelas diversas abas.

Colete mana para desbloquear novos feitiços. As opções de trajes para a Frey não foram mostradas: cada túnica, colar e cor de unha oferece benefícios diferentes. Combine tudo para criar um conjunto de vantagens que se encaixe com o seu estilo de jogo. 

De olho-de-peixe para olho-de-águia: Belfreys de pedra estão espalhados pelo território. Ativar a varredura dentro de um desses oferece uma perspectiva superior que destaca as áreas de interesse próximas. Escolha uma área para rastrear com a interface e, a qualquer momento, invoque um fio dourado que indicará a direção até o seu alvo, como uma bússola. Você ainda estará livre para explorar e trocar de missão quando quiser. Belfreys não são os únicos monumentos de pedra a serem descobertos. Outros deles desbloqueiam itens. Um deles ativou uma missão secundária. Era um desafio de flashback com tempo em um forte abandonado no qual eu tive que defender civis de ondas de inimigos agressores por um determinado tempo. 

Você também descobrirá refúgios, que são pequenas cabanas onde Frey pode descansar dos perigos externos. Há diversos elementos interativos em cada um, incluindo uma pequena biblioteca onde você pode marcar “Spellcraft Challenges”, objetivos secundários, em uma lista de afazeres na tela. Todos concedem vantagens permanentes a feitiços, bastando que você atenda a certos requisitos. 

No meu tempo de jogo eles eram específicos de combate e me incentivaram a incorporar nos confrontos o parkour da Frey, que é o elemento chave da exuberância e beleza do sistema de combate. Golpes no chão com lâminas flamejantes, movimentos que lembram chicotadas, ataques aéreos com mangual… Uma combinação formidável de movimentação e sequências de ataques com os botões. Enquanto todos os feitiços têm um tempo de recarga, o parkour é ligado a uma barra de vigor. O uso moderado de esquivas é necessário para não ser pego de surpresa. 

Frey é ágil e o combate é acelerado. Acostumar-se a essa agilidade, ao sistema elaborado de feitiços, ao monitoramento de diversos inimigos e seus padrões de ataque, além das mensagens na tela… Isso leva algum tempo, mas não deve ser um problema porque, quando você começar a jogar, cada elemento vai ser introduzido aos poucos. Os momentos em que eu sentia os sistemas complementares se interligando foram ficando mais frequentes e eu fiquei cada vez mais imerso no fluxo da batalha. Vale dizer que, apesar da velocidade e dos golpes chamativos, eu sempre me senti no controle da Frey. Outra habilidade bem legal vinculada à Magia de Sila permite que você desacelere brevemente o tempo, mire e se desloque rapidamente até um inimigo. Um arpéu mágico feito para escapar do perigo imediato, mas que também permite que você chegue perto o bastante para um golpe final quando necessário. 

Fora dos combates, essa habilidade ajuda você a se locomover. Você pode usar rochas brilhantes como pontos de ancoragem para saltar mais alto e mais longe. Ela se torna muito útil quando é preciso fugir das lutas ou quando você quer dar uma pausa no lançamento de feitiços e acelera pelo território. 

Há um prazer simples e singular no fluxo do parkour. Comece indo para qualquer direção, depois segure o botão círculo e comece a planar. Você pode soltar o botão por alguns segundos, seja para fazer uma transição para um pulo ou para girar a câmera. Assim, embora o vale seja enorme, o deslocamento por ele é agradavelmente rápido. 

O horizonte distante já está chamando. Mas os segredos de Athia só serão revelados daqui a alguns meses, quando Forspoken for lançado para PS5 em 23 de janeiro do ano que vem.  

Participe da Conversa

Adicionar Comentário

Mas não seja mala!

Please be kind, considerate, and constructive.

1 Comentário


    Loading More Comments

    Deixe uma resposta

    Por favor, informe a sua data de nascimento.