Director’s Cut, o novo DLC de Borderlands 3, chega em 8 de abril

0 0
Director’s Cut, o novo DLC de Borderlands 3, chega em 8 de abril

A Gearbox compartilha seus planos de desenvolvimento pós lançamento, que incluem polir, balancear e adicionar variedade.

Você já ouviu isso antes, mas vale repetir: cada lançamento de videogame é um pequeno milagre. Muitas decisões foram tomadas. Muito conteúdo precisa ser completado. Muitas variáveis precisam encaixar-se perfeitamente para que dê certo. Para jogos AAA enormes como Borderlands 3, lançar um produto requer anos de dedicação e perseverança. E o lançamento não é o final da jornada; é apenas o começo.

Apesar de Borderlands 3 não ser tecnicamente um “jogo como serviço”, nós o tratamos como tal para garantir que a cada semana o jogo ficasse melhor do que antes. Para manter o looter shooter vivo e próspero, nos aproveitamos da paixão e determinação de nossa equipe incrível de desenvolvedores, que continuaram desenvolvendo apesar de uma pandemia que mudou completamente nossa forma de trabalhar.

Ainda esta semana, após mais de 18 meses trabalhando desde o lançamento do jogo para PlayStation 4, planejamos lançar o add-on Director’s Cut para Borderlands 3 em 8 de abril, apresentando um novo chefe de incursão, uma série de missões para investigar assassinatos misteriosos, novos desafios diários e semanais pelas Vault Cards e uma série de conteúdos nunca antes vistos nos bastidores, sem falar em novos equipamentos Lendários e itens cosméticos. Para marcar a ocasião, gostaríamos de fazer uma retrospectiva de tudo que lançamos desde que o jogo saiu, e mostrar o que é necessário para manter um jogo AAA com cara de novo.

Em linhas gerais, nos guiamos por 3 grandes objetivos desde o lançamento. Primeiro, continuar a polir e melhorar o jogo ao lidar com problemas reportados de performance. Segundo, tentar manter uma experiência balanceada para que diversidade de builds pudessem florescer no end-game. E por fim, trazer mais variedade de conteúdo, de forma gratuita ou como parte de uma campanha de DLC paga, em uma cadência consistente. 

O primeiro objetivo foi o mais direto dos três. A cada semana, desde o lançamento (incluindo esta), lançamos pequenas atualizações para ajustar o conteúdo que já estava disponível. Também adicionamos diversas melhorias de qualidade de vida, como mais espaço na mochila e no banco, maior armazenamento de balas e melhorias de performance e interface. Em um esforço para sermos transparentes, notas de atualização estão sempre disponíveis em borderlands.com

Sim, em algumas atualizações tivemos que remover poder de equipamentos ou habilidades que estavam acima da curva, mas muito mais comum foram os buffs. Fizemos todas essas mudanças com o objetivo de melhorar a vida útil da experiência Borderlands 3. Queremos que ela sempre tenha uma boa mistura de desafio com recompensa. Desde o começo, este foi nosso objetivo central quando fazíamos ajustes para manter o balanço do jogo.

Apesar das atualizações semanais muitas vezes virem de nossos playtests internos e do direcionamento de nossa equipe, elas muitas vezes vêm do resultado direto do feedback dos fãs. Você já se perguntou “será que os desenvolvedores lêem os subreddits de seus jogos?” Bem, a resposta é sim, é claro! Lemos todas as críticas, pois sabemos que elas vêm dos membros mais apaixonados de nossa comunidade. 

Os ajustes semanais nos mantêm bastante ocupados, mas o trabalho real — e a verdadeira alegria de Borderlands 3 — vem do terceiro objetivo: lançar conteúdo novo para aumentar a variedade. E quando eu falo em variedade, é exatamente isso que quero dizer. No primeiro ano após o lançamento do jogo, trouxemos quatro add-ons para a história da campanha, que vão de comédia romântica a terror cósmico, passando por contos western, um roubo de cassino e a jornada da mente quebrada de um psycho. Após tudo isso, lançamos o add-on Designer’s Cut, que trouxe uma nova abordagem à fórmula de Borderlands com o modo “Corrida de Armas”, além de uma nova árvore de habilidades para cada um de nossos quatro Vault Hunters. 

E isso foi apenas o conteúdo pago. Além disso, lançamos diversas novas adições gratuitas, nos apoiando na variedade que um jogo como Borderlands 3 permite. Refizemos o end game com o Modo Caos 2.0; desafiamos jogadores de alto nível com Takedowns intensos e originais; e demos a toda a comunidade razões para jogar juntos com eventos sazonais como Revenge of the Cartels e Bloody Harvest. Até demos aos jogadores uma forma de contribuir com pesquisa científica no mundo real com Borderlands Science, um jogo dentro do jogo que ajuda a mapear o bioma do intestino humano (nos sentimos particularmente orgulhosos deste). 

Mas talvez nossa maior adição gratuita seja o upgrade para PlayStation 5 que lançamos em novembro do ano passado, junto com o lançamento do console. Se você possui um PlayStation 5 e uma cópia de Borderlands 3 para PS4, você pode baixar o upgrade de próxima geração gratuitamente, habilitando 60fps em resolução 4K em partidas single-player ou co-op online. O upgrade também permite co-op local com tela dividida para até 4 jogadores, e traz suporte para algumas das capacidades imersivas do PS5, como Gatilhos Adaptáveis, Ajuda do Jogo e Bloqueio de Spoilers. Para nós, a construção para chegar neste momento foi como lançar o jogo novamente, mas valeu o esforço.

Mas do que isso tudo precisa? De onde vêm as ideias? Como são tomadas as decisões? Como é criado o conteúdo? Estas são perguntas grandes, mas as respostas são bastante simples: é preciso dedicação e muito trabalho. Ideias vêm de todo lugar. Para os DLCs de campanha, a equipe inteira de Borderlands colaborou com ideias que curtiam. As que trouxeram mais entusiasmo foram selecionadas e criadas. Em outros momentos, tudo pode se resumir a uma boa conversa entre alguns desenvolvedores — foi assim que a Corrida de Armas se originou. E, é claro, a comunidade tem um papel enorme em nosso processo de desenvolvimento.

De muitas formas, tivemos bastante sorte. O escopo enorme e o tom flexível de Borderlands 3 permitiram que explorássemos todo tipo de ideias, incluindo algumas que talvez fossem malucas demais para outros jogos AAA. Quer seja uma premissa narrativa ou um novo tipo de gameplay, sempre tentamos fazer nossas ideias se encaixarem no contexto do universo. Essa liberdade foi crucial para manter nossa paixão pelo jogo acesa e criar uma experiência engajante e cheia de novidades para nossa comunidade. 

Se você é parte da comunidade, quer tenha se juntado recentemente ou em qualquer momento do passado, gostaríamos de agradecer. Somos muito gratos por todos que se juntaram a nós nesta jornada e deram uma chance a nossas ideias. 

Também temos um novo add-on de conteúdo, chamado Director’s Cut, que chega em 8 de abril, além de mais eventos sazonais por todo o ano (lembre-se que é necessário ter uma cópia do jogo base para poder jogar os add-ons). Não iremos parar agora, então não há hora melhor para se jogar. Nos vemos por aí, Vault Hunters!

Participe da Conversa

Adicionar Comentário

Mas não seja mala!

Please be kind, considerate, and constructive.

Deixe uma resposta

Por favor, informe a sua data de nascimento.