PlayStation.Blog BR

Ancestors: The Humankind Odyssey Chega Hoje ao PS4

0 0
Ancestors: The Humankind Odyssey Chega Hoje ao PS4

O Diretor Criativo Patrice Désilets relembra a jornada de sua equipe para criar um novo tipo de experiência de sobrevivência.

Já faz mais de dez anos desde que finalizei um jogo para PlayStation. Na época, no PS3. Imagina! Não preciso nem dizer que hoje estou muito orgulhoso em trazer Ancestors: The Humankind Odyssey até os jogadores PS4 do mundo todo.

Quando decidi criar o meu próprio estúdio indie, o Panache Digital Games, em 2014, éramos poucas pessoas, e uma coisa estava clara para mim: queria fazer as coisas de maneira diferente, ser corajoso. Queria fazer as coisas com estilo! Cinco anos depois e isso é exatamente o que o meu clã, agora com mais ou menos 30 desenvolvedores, conseguimos com Ancestors. É único, novo, e acima de tudo, ambicioso.

Neste jogo de sobrevivência de mundo aberto, quis colocar os jogadores na pele de nossos primeiros antepassados, 10 milhões de anos atrás, na África. Evoluímos tanto como espécie nesses milhões de anos que agora somos um tanto desconectados de nossas raízes. O jogo traz de volta o seu instinto primitivo, e é sobre o que nos torna humanos.

Por isso, não podia fazer um jogo sobre correr atrás de pontinhos verdes em um mapa. Tive que criar sistemas que o deixariam contar sua própria história; forjar seu próprio caminho evolutivo. A história original de como você sobreviveu e evoluiu como um pré-humano em um ambiente perigoso e hostil. A sua sobrevivência como espécie depende das suas decisões. Os quatro sistemas centrais do jogo (sentidos, inteligência, comunicação e motricidade) foram criados para ajudar a exploração e o desenvolvimento de seu clã e espécie através de gerações. É assim que Ancestors deixa você fazer descobertas surpreendentes e ser muito mais que um jogador. Em Ancestors, você se torna seu personagem e evolui junto com seu clã.

Momentos eureka em jogos geralmente são entregues pela história, uma surpresa na narrativa que nos deixa empolgados até o fim do jogo. Desta vez, eu e minha equipe tentamos algo drasticamente diferente. Sem narrativa, os momentos eureka em Ancestors estão espalhados pela sua jornada e ocorrem conforme você evolui e experimenta com suas habilidades para obter novos resultados explorando, expandindo e evoluindo. Estas habilidades e conhecimento são transferidos para os membros de sua tribo, sua cria, sua linhagem toda. Sim, also tão simples quanto abrir um coco, criar um ferramenta ou encontrar algo para curar suas feridas podem resultar em momentos assim em Ancestors. Já que não contamos como fazer, você tem que descobrir por si mesmo. Então seja curioso, criativo e aventureiro. O jogo notará seu estilo de jogabilidade e responderá oferecendo novas maneiras de progredir.

Cada um de nós aqui no Panache espera que vocês se percam no jogo, deixando seu instinto os guiarem. No começo, já avisamos que não vamos ajudar muito, preferimos ver como lidam com o terreno não mapeado do jogo e conquistam seu medo do desconhecido. Será que você, Homo Sapiens, consegue sobreviver como nos antepassados? Como vai ser seu desempenho comparado ao da evolução? É melhor que nossos antepassados?

Com isso, boa sorte em sua jornada evolutiva. Vá com calma. Seja paciente. Siga seus instintos.

Please enter your date of birth.