PlayStation.Blog BR

Como Você Vai Sobreviver à Demo Prey: Opening Hour?

0 0
Como Você Vai Sobreviver à Demo Prey: Opening Hour?

Explore a estação espacial Talos I antes mesmo do lançamento do jogo completo dia 5 de maio.

Fiel ao estilo da Arkane, o mundo de Prey está cheio de segredos e surpresas de construção de mundo. Com a habilidade de ir para qualquer ponto da instalação de pesquisa Talos I a qualquer momento (desde que encontre um caminho para tal lugar), será muito bem recompensado por prestar atenção no ambiente e explorar tudo.

Você também poder abrir uma gama de opções no início do jogo, mas terá que estar disposto a caçar, e encarar os alienígenas Typhon conforme viaja pela Talos I. Aqui estão cinco coisas para prestar atenção quando for jogar o Prey Demo: Opening Hour, disponível já na PlayStation Store.

Sinta o Poder

Quando você rastrear seu primeiro Neuromod, terá algumas opções. Pode instalar algumas habilidades de hacker bem legais, que permitirão ignorar a segurança em portas, cofres e torres. Ou pode escolher a habilidade Leverage para levantar objetos pesados e abrir caminho (ou usá-los para se defender de inimigos).

Ou talvez esteja mais interessado em consertar em vez de destruir. Ao instalar a habilidade Repair, poderá emendar torres quebradas, elevadores e Operator Bots para ajudá-lo a navegar a estação. Estes são apenas algumas das habilidades que estarão na demo.

“Queremos encorajar estilos de jogo diferentes,” diz o Diretor de Criação Raphael Colantonio. “Se você é aquele cara que curte armas, é possível terminar o jogo usando apenas armas e dispositivos. Pode fabricar munição para si mesmo e ser aquele jogador. Entretanto, queremos encorajar os jogadores a serem um pouco mais indiretos e explorar poderes diferentes para soluções diferentes”.

Localização, Localização, Localização

Se estiver disposto a investigar um pouco, poderá hackear, se esgueirar e usar a GLOO Gun para alcançar alguns lugares que não necessariamente estarão abertos a um jogador casual na primeira hora do jogo. Entre se arrastar por passagens estreitas para pular portas de segurança, a fuçar nos e-mails dos funcionários para achar códigos de várias portas de departamentos, a Talos I é toda sua.

Mesmo sem poder hackear as medidas de segurança, pode usar a GLOO Gun para criar novos caminhos até os andares mais altos. No mesmo lobby onde conseguiu seu primeiro Neuromod, pode instalar a habilidade Repair para consertar um elevador próximo e acessar o segundo andar, ou pode usar sua nova GLOO Gun para criar um caminho improvisado. De qualquer jeito, vai querer ir até o segundo andar e da uma olhada. Com certeza existem alguns segredos por lá (incluindo uma ferramenta nova divertida para testar).

“Um de nossos artistas mediu a estação e ela tem mais de 700 metros de comprimento, então é como um prédio enorme flutuando no espaço,” diz o Designer Chefe Ricardo Bare. “Não queríamos cair na mesma armadilha que muitas estações espaciais caem, de parecer apertadas. Claro, temos alguns corredores estreitos, ms queríamos alguns espaços bem abertos para os jogadores terem liberdade de movimento.”

“Existe um mundo inteiro na Talos I,” diz Colantonio. “Há toda uma ecologia. Pessoas vivem lá. Existem laboratórios e escritórios, mas também áreas de recreação e parques naturais na estação. Fomos bem longe na hora de mostrar o luxo dessas mega-corporações, mas pela lente do espaço.”

Sintonize-se

Jogos podem parecer incompletos sem uma trilha sonora de outro mundo, e com faixas incríveis do Diretor Criativo de Prey Raphael Colantonio e do compositor Mick Gordon (o mestre por trás da trilha premiada de DOOM), a música de Prey dá o tom ao jogo imediatamente.

Dos momentos iniciais quando você acorda ao ritmo synth-wave da faixa “Mind Game” de Colantonio tocando no rádio, à ambientação ameaçadora dos riffs que acompanham sua exploração da estação, a trilha diversificada cria a atmosfera perfeita para este thriller psicológico.

Vida no Espaço

No início de Prey, você está explorando a estação logo depois que o caos tomou conta. Quando os Typhon saem do confinamento, eles assumem o controle rapidamente. E você aparece apenas horas depois. Você ficará sabendo o que ocorreu pelas mensagens TranScribe e e-mails dos funcionários, e pode até descobrir como achar tais funcionários.

Alex Yu. Patricia Varma. January. Estas são algumas das pessoas que você vai encontrar (e vozes que vai ouvir) na primeira hora de Prey. Existem muitos outros em Talos I, lutando para sobreviver. Se quiser ajudá-los, ignorá-los ou até matá-los, a decisão é toda sua.

“Ocasionalmente encontrará personagens que sabem quem é você quando achá-los,” diz Bare. “Eles sabem coisas sobre você que Morgan não lembra, e podem preencher algumas lacunas para você. Possuem um papel de destaque na história, e na evolução do mundo como um todo. Quando interagir com esses personagens, dependendo de como tratá-los, como lidar com eles, terá consequências que serão levadas pelo jogo, e terão um grande efeito no final. Você pode matar qualquer pessoa que encontrar no jogo. Se estão na mesma sala que você, pode matá-los..”

E claro que, a Talos I é um personagem também. Pra falar a verdade, é tão importante quando Morgan em termos de protagonismo.

“Podemos dizer que colocamos o mesmo, ou até mais esforço, na estação do que nos outros personagens principais,” explica Bare. “A estação espacial tem uma história rica. Tem um aniversário e uma vida útil.”

Lute Contra a Invasão, Salve o Mundo

A caçada começou na Talos I. Os Typhon espreitam os corredores, se multiplicando e ficando mais fortes constantemente. Dos sorrateiros Mimics, que podem tomar a forma de itens mundanos na estação, à enorme e horripilante Nightmare, não existem muitos lugares na Talos I onde estará a salvo. Você terá que ser criativo e economizar recursos se quiser salvar o mundo.

“É dever seu como o jogador descobrir: Como vim parar aqui? O que está acontecendo? Como sobrevivo? E como saio dessa estação espacial?” Bare diz. “Você terá que usar a cabeça, as ferramentas que arrumar, as armas que encontrar e por fim, os poderes que adquirir.”

No começo terá apenas uma chave de fenda e a vontade de sobreviver, mas com o tempo (e muitos Typhon mortos) eventualmente vai se tornar uma força e tanto pelas próprias mãos. Caso escolha todos os poderes alienígenas, ou colocar todo seu esforço em habilidades com armas e as ferramentas que encontrar na estação, você é a última esperança da humanidade frente à aniquilação.

Se apenas um Typhon conseguir chegar na Terra, será o fim.

Please enter your date of birth.