Bloodborne

Feb 15

Feb 15

Prey: 6 coisas que amamos nos primeiros 60 minutos

Ryan Clements's Avatar Postado por Senior Specialist, SIEA Social Media

Em Prey, você vai dar risada dos diálogos afiados, questionar a realidade, e lutar por sua vida – tudo nos primeiros 60 minutos. A equipe da Arkane (Dishonored) quer prender a sua atenção desde o momento que você acorda no apartamento elegante e ensolarado do protagonista Morgan Yu. Mesmo quando a história cai para um lado meio anormal, aqueles momentos da abertura continuarão a abalar você, a chocá-lo, e até mesmo mexer com a sua mente.

Aqui seguem algumas das muitas coisas que adoramos nos primeiros 60 minutos do thriller de ficção científica da Arkane, que será lançado no dia 5 de maio para o PS4.

1.) Toda a abertura
Claro, que a gente tá dando uma roubadinha com essa dica, mas a sequência de abertura espetacular de Prey como já é suficiente para te deixar vidrado no jogo. Como um novo funcionário da TranStar Corporation, Morgan Yu te leva por um passeio de helicóptero através de uma deslumbrante paisagem urbana com o objetivo de passar por testes de rotina em uma instalação operada por seu irmão.

Mas como você bem sabe, a “rotina” não é bem uma garantia duradoura, e logo a própria natureza da vida e da memória de Morgan é posta em questão. A Arkane criou essa sequência inteira com bastante cuidado, introduzindo uma variedade de features para a mecânica do jogo, enquanto preparava um cenário para uma história arrebatador.

2.) Até o mapa aberto tem informações importantes para você
A história ambiental é uma ferramenta inestimável para desenvolvedores de games, e a equipe da Arkane tem alavancou esse features ainda mais em sua recente campanha. Morgan pode invadir terminais e ler segmentos de e-mail privados que revelam eventos-chave na catástrofe da estação espacial Talos I. O museu da estação esboça a história da construção, completa ainda com iluminação dramática e placas iluminadas.

Até mesmo os próprios corpos, congelados e retorcidos em agonia, ajudam a criar a terrível história de TranStar e o que está em jogo logo ali na Terra.

3.) Construa suas próprias plataformas (BYOP)
A dica do gameplay de Prey? Empoderar você com tantas escolhas quanto possível. Essa filosofia é exemplificada no GLOO Cannon, um dispositivo que aciona uma cola de rápida expansão. Você pode usar isso para desacelerar os inimigos e diminuir a distância de um ataque corpo a corpo ou para construir plataformas até áreas difíceis de alcançar. Ou você também pode ignorar o Cannon completamente.

Só depende de você

4.) 0451
Sim, a lendária sequência numérica já vista em títulos como System Shock, Deus Ex, e inúmeros outros é totalmente mostrada aqui no game. Prey se inspira em seus antecessores e sem vergonha nenhuma.

5.) Os imitadores
Talos I está sendo consumido por uma infestação alienígena Typhon. Essas ameaças perigosas e fantasmagóricas assumem muitas formas. Literalmente. O Imitador, uma pequena criatura com velocidade assustadora, pode assumir a forma de quase qualquer objeto na estação. Agora cada caneca descartada ou objeto pequeno poderia ser algum perigo disfarçado.

Morgan, como você ainda vai descobrir, pode destravar essas habilidades… mas tudo tem seu preço.

6.) Árvore de Habilidades
Espere gastar muitos momentos maravilhosos e angustiantes escolhendo a habilidade perfeita para desbloquear enquanto você progride por entre Talos I. Ao encontrar Neuromods espalhados por todo o ambiente, você pode expandir a biblioteca de talentos de Morgan, além de reparar elevadores e torres quebradas hackear terminais valiosos. A equipe da Arkane quer ter certeza de que qualquer escolha que você faz será recompensada e valiosa, com uma variedade de aplicações que se encaixam em qualquer estilo de jogo.

Então, nunca deixe de balançar a sua chave inglesa até que você ficar quase sem ar. Ou deslize pelos corredores sem ser detectado. Em Prey, você tem todas as opções do mundo.

Mas não há garantias de que você vá sobreviver.

Os comentários estão encerrados. Os comentários são desabilitados para posts com mais de 30 dias.

PlayStation Blog