Valkyrie Elysium: uma compilação introdutória da série de RPG antes do lançamento desta semana

1 0
Valkyrie Elysium: uma compilação introdutória da série de RPG antes do lançamento desta semana

Uma breve análise da longa história da série da Square Enix.

Em muitos sentidos, a série Valkyrie é sinônimo de PlayStation. Os dois primeiros e aclamados jogos (Valkyrie Profile e Valkyrie Profile 2: Silmeria) surgiram no PS1 e PS2 respectivamente. Agora, depois de 16 anos sem aparecer nos consoles, a série volta com Valkyrie Elysium. 

O novo RPG de ação conta com um mundo evocativo inspirado na mitologia nórdica, combate empolgante de ritmo acelerado, uma apresentação audiovisual deslumbrante e uma narrativa sombria que provoca reflexões. É um RPG fantástico que tem uma atmosfera bastante única, e mal podemos esperar para que vocês joguem.

Enquanto os fãs de longa data de Valkyrie provavelmente já estão explorando os mistérios do maravilhoso mundo do jogo na demo recente, alguns de vocês podem estar se perguntando: por que esse alarde todo? Por que essa série é tão amada? 

Tendo isso em mente, para celebrar a volta da série ao seu antigo lar, o PlayStation, achamos que seria interessante guiarmos vocês pela história dessa adorada franquia.

Tudo começou há muito tempo, no ano de 1999…

1999: Valkyrie Profile – nasce um clássico

Logo antes da virada do milênio, um novo e ousado RPG foi lançado no Japão: Valkyrie Profile. 

A esta altura da vida do PlayStation, o console já havia se consolidado como um lar de RPGs com muitas séries, incluindo Final Fantasy, e já havia atingido novos níveis de popularidade como plataforma em ascensão.

Valkyrie Profile imediatamente se destacou na multidão. Desenvolvido pela tri-Ace (da série Star Ocean), este jogo ousou ser diferente. Ele trouxe uma abordagem distintamente original ao gênero, combinando estilosos ambientes inspirados na mitologia nórdica, um sistema de batalha inovador e uma estrutura narrativa que recompensava os jogadores por sua iniciativa e curiosidade.

Você controlava Lenneth, uma Valquíria recém-desperta que serve a Odin e o panteão de deuses conhecidos como “Aesir”. Lenneth é enviada para coletar as almas dos guerreiros caídos (conhecidos como Einherjar) para ajudar os deuses na guerra contra os Vanir. 

Durante sua missão, ela encontra muitos guerreiros, alguns dignos de se juntar aos deuses, outros que lutam ao seu lado, e começa a juntar as peças do mistério da força que ameaça os deuses e sua própria vida antes de sua ascensão como Valquíria.

Apesar de ser apenas o primeiro jogo, muitos dos elementos que viriam a definir a série Valkyrie surgiram aqui, incluindo o sistema de combate acelerado com base em combos, os Einherjar que podem ser recrutados, temas sobre vida, morte e identidade e um tom profuso em melancolia. 

O público respondeu positivamente a esses elementos tanto no Japão como na América do Norte, onde o jogo foi lançado em 2000, e vendeu bem. Ele é citado com frequência como um dos maiores no gênero de RPG, algo que ainda mais pessoas iriam descobrir em 2006…

2006: Valkyrie Profile: Lenneth – o retorno da original

Os fãs tiveram que esperar alguns anos por mais aventuras em Valkyrie, mas em 2006, o primeiro jogo apareceu de novo no PSP como Valkyrie Profile: Lenneth. 

A versão original do PlayStation só havia sido lançada no Japão e na América do Norte, mas essa versão perfeitamente portátil também saiu na Europa e Australásia, o que fez com que os jogadores dessas regiões pudessem experimentar o jogo pela primeira vez. 

E adivinhe: o jogo voltou, de novo! Uma versão de PSP de Valkyrie Profile: Lenneth será lançada ainda este ano para PS4 e PS5, disponível tanto como bônus para os donos da Digital Deluxe Edition de Valkyrie Elysium quanto para ser comprado individualmente. 

2006: Valkyrie Profile 2: Silmeria – uma sequência digna

Também em 2006, a tão aguardada sequência de Valkyrie Profile foi lançada para PlayStation 2: Valkyrie Profile 2: Silmeria. 

Apesar do proeminente número do jogo, ele na verdade se passa centenas de anos antes do jogo original, em uma linha do tempo alternativa. Ele conta com novos personagens e uma nova protagonista… ou deveríamos dizer: duas protagonistas?

A história é centrada na Valquíria Silmeria e na Princesa de Dipan, Alicia: duas mulheres presas no mesmo corpo. Perseguidas pela Valquíria Hrist, as duas precisam trabalhar juntas para evitar uma guerra catastrófica entre seus reinos.

O jogo aprimora muitos dos elementos apresentados em Valkyrie Profile, incluindo novos Einherjar, exploração de rolagem lateral atualizada e batalhas estratégicas que combinam o sistema de batalha de combos com novas opções de movimentos.

O jogo foi um sucesso, os críticos elogiaram o mundo ricamente detalhado, o sistema de combate superdivertido e uma trilha sonora incrível composta por Motoi Sakuraba.

2008 / 2016: Valkyrie Profile: Covenant of the Plume e Valkyrie Anatomia – pra jogar em qualquer lugar

A série voltou para os portáteis nos dois lançamentos seguintes: Valkyrie Profile: Covenant of the Plume (lançado no Japão em 2008, América do Norte e Europa em 2009) e Valkyrie Anatomia, lançado para dispositivos móveis em 2016. O primeiro teve uma história sombria e madura de um jovem chamado Wylfred e sua jornada para destruir a Valquíria Lenneth, a quem ele culpa pela perda de seu pai e subsequentes infortúnios de sua família. O segundo se passa em um mundo alternativo ao jogo original. Ele segue uma linha parecida, com Lenneth encarregada de recrutar Einherjar para lutar pelos deuses. 

Valkyrie Elysium: uma compilação introdutória da série de RPG antes do lançamento desta semana

2022: Valkyrie Elysium – a série volta pra casa no PlayStation

…tudo isso nos traz ao momento atual: o tão aguardado retorno da série Valkyrie para o PS5 e PS4.

Valkyrie Elysium apresenta uma história completamente original, se passando em um mundo à beira da destruição. Ragnarok, o fim de todas as coisas, se aproxima no horizonte. Com as últimas forças, Odin, o Pai de Todos, cria uma Valquíria que será a emissária da redenção. A missão dela: salvar o mundo condenado. Descendo à terra, essa corajosa guerreira encara muitos desafios à medida que começa a descobrir a verdade por trás do fim iminente. O que ela pensará deste mundo… e que destino ela escolherá para ele?

O jogo apresenta uma abordagem inédita para a série, que combina muitos dos seus elementos definidores com novas ideias empolgantes. Por exemplo, o sistema de luta mistura elementos clássicos, como golpes finalizadores e combos, com um combate em tempo real inédito. Os Einherjar a serem recrutados também estão presentes e corrigidos, e tudo isso é coroado como uma trilha sonora memorável do compositor de longa data da série, Motoi Sakuraba.


E isso encerra esta rápida apresentação da série Valkyrie. É claro, vocês não precisam ter jogado nenhum dos outros jogos da série para curtir Valkyrie Elysium: é um jogo completamente autônomo que aproveita o pleno legado da série para criar uma nova aventura que qualquer um pode curtir.

Valkyrie Elysium será lançado nesta quinta-feira, 29 de setembro para PS5 e PS4.

Os comentários estão fechados.

1 Comentário


    Loading More Comments

    Por favor, informe a sua data de nascimento.