Heavenly Bodies chega dia 7 de dezembro para PS4 e PS5

0 0
Heavenly Bodies chega dia 7 de dezembro para PS4 e PS5

Reúna sua tripulação e prepare-se para orbitar: uma missão celestial espera por você.

Depois de quase três anos em desenvolvimento, temos o enorme prazer de anunciar que Heavenly Bodies será lançado para PS5 e PS4 às 6h PT, 7 de dezembro de 2021. Temos trabalhado muito para transformar este jogo em tudo o que imaginamos e mal podemos esperar para compartilhar com você. O novo trailer do jogo, abaixo, dá uma dica de alguns dos cenários variados, atraentes e muitas vezes ridículos em que você se encontrará, jogando sozinho ou com um amigo espacial via cooperação local.

Heavenly Bodies chega dia 7 de dezembro para PS4 e PS5

A arte dos corpos celestes

Anteriormente, escrevemos sobre como é o jogo. Para comemorar o fato de o jogo estar tão perto do lançamento, pensamos em ver de perto as referências que nos inspiraram e como Heavenly Bodies ficou do jeito que é.

Direção visual

O visual do jogo é influenciado por ilustrações técnicas de meados do século, imagens de arquivo das primeiras explorações de voos espaciais e desenhos em corte que permitem ao espectador ver estruturas detalhadas. Nosso objetivo é criar algo que se pareça mais com a interpretação de um artista do espaço, do que o realismo absoluto. O trabalho da arquiteta e designer soviética, Galina Balashova, e do ilustrador colaborador da NASA, Russ Arasmith, foi vital para formar a nossa linguagem visual.

Crédito da imagem: Arte de Russ Arasmith, data desconhecida NASA

Captura de qualidades ilustrativas em um contexto em tempo real

Para reproduzir essa estética ousada, gráfica e analógica, primeiro analisamos o que precisávamos para reproduzir de forma eficaz em um contexto interativo em tempo real. Os principais recursos que queríamos incluir eram:

●   alto contraste entre realces, tons médios e sombras com pouca mistura entre eles;

●   a capacidade de replicar técnicas ilustrativas, como incubação e pontilhado;

●   granulação que parece relativa à escala dos objetos em cena;

●   capacidade de controlar a rugosidade de um objeto;

●   suporte de textura para detalhes pintados à mão.

Os resultados de nossos experimentos iniciais estão abaixo e sentimos que eles foram um passo inicial certeiro na direção certa.

Depois de encapsular essas propriedades em 3D em tempo real em objetos menores, estávamos ansiosos para aplicá-los em ambientes jogáveis ​​maiores.

Nossas principais considerações ao traduzir esse estilo para corpos celestes Heavenly Bodies foram:

●   priorizar o espaço jogável e objetos interativos em vez de detalhes desnecessários ou desordem;

●   usar cores para destacar itens essenciais e diferentes tipos de interação;

●   preferir a tecnologia analógica e grandes formatos que comunicam o seu funcionamento.

Aqui está uma imagem do cenário ‘Dados’ no jogo, onde você pode ver todos esses elementos se juntando.

Conceitos do terminal de comunicações e manual de operações

As informações necessárias para concluir a tarefa em questão são fornecidas pelo Controle da Missão por meio do Terminal de Comunicações em todos os níveis. Esta informação chega como uma impressão em papel que é adicionada ao Manual de Operações transportado pelo jogador.

O Manual de Operações é informado por manuais e listas de verificação da NASA emitidos para astronautas para rápida referência em situações estressantes, que existem aos montes no jogo. Preferir a tecnologia analógica a digital, moderna e sci-fi é uma direção subjacente para o jogo. Abaixo estão alguns conceitos iniciais para o desajeitado Terminal de Comunicações, seguidos por um exemplo dos materiais que eles dispensam no nível ‘Energia’.


Referência memoráveis

Ao longo do jogo, escondemos diversos itens colecionáveis ​​especiais para os jogadores encontrarem e enviarem de volta ao Controle da Missão para serem exibidos. Esses itens colecionáveis ​​são o nosso reconhecimento de conquistas significativas na história do espaço, como o Sputnik, o primeiro satélite colocado em órbita, e o Voyager Golden Record que explodiu pelo cosmos contendo os sons do nosso universo e muito mais, que deixaremos para você descobrir.

A arte dos troféus PSN são nossa forma de reconhecer os esforços de nossos bravos cosmonautas, comemorando seus esforços na forma de um artefato físico para os jogadores coletarem e refletirem—criando sua própria história de eventos memoráveis. Memórias espaciais vintage, incluindo selos, caixas de fósforos, broches e emblemas, eram fontes integrais de referência, assim, fazer nosso próprio conjunto de recursos parecia uma ótima maneira de homenagear uma era passada de exploração espacial.

Nosso amor pela ilustração histórica do espaço se estende a todos os cantos de Heavenly Bodies, e nosso objetivo foi capturar a magia da ilustração gráfica de meados do século, sempre que possível. Para nós, esta era representa o romantismo inicial e o otimismo das viagens espaciais. Embora vagamente definido no final dos anos 60, início dos anos 70, adaptamos eventos e tecnologias de décadas posteriores para criar os tipos de cenários que queremos que os jogadores vivenciem e esperamos que você goste.

Vejo você em órbita!Heavenly Bodies será lançado para PS4 e PS5 em 07 de dezembro de 2021 – você já pode colocar o jogo na sua lista de desejos aqui.

Participe da Conversa

Adicionar Comentário

Mas não seja mala!

Please be kind, considerate, and constructive.

Deixe uma resposta

Por favor, informe a sua data de nascimento.