PlayStation.Blog BR

Viva um Novo Clássico: Romancing SaGa 3 Chega ao PS4 Hoje

0 0
Viva um Novo Clássico: Romancing SaGa 3 Chega ao PS4 Hoje

Este celebrado clássico dos JRPGs finalmente chega ao ocidente.

Para muitos fãs de JRPG, os anos 90 foram a era de ouro. Diversos clássicos foram lançados durante esta década, e desde então entraram para o “hall da fama” dos críticos e fãs. Alguns títulos se consolidaram entre favoritos tanto dos fãs do ocidente quanto dos japoneses, incluindo games como Final Fantasy VI, Chrono Trigger e Xenogears.

Romancing SaGa 3, no entanto, foi um grande queridinho dos fãs japoneses, mas você provavelmente terá dificuldade em encontrar gamers ocidentais que o jogaram. Isto é, até hoje.

Uma versão remasterizada em HD de Romancing SaGa 3 chega hoje no ocidente pela primeira vez para PlayStation 4 e PlayStation Vita, vinte e quatro anos depois do dia de seu lançamento original no Japão. Enquanto a franquia em si pode não ser muito conhecida fora do Japão, gamers ocidentais devem saber que ela compartilha raízes com Final Fantasy — o criador da saga é Akitoshi Kawazu, que teve papel importante no desenvolvimento do Final Fantasy original e do Final Fantasy II.

É claro, Romancing SaGa 3 possui as credenciais de JRPG — mas o que o diferencia de outros jogos de série como Final Fantasy ou Dragon Quest? Continue lendo par saber mais sobre o que faz Romancing SaGa 3 tão bom, e por que ele merece ser incluído no panteão dos amados clássicos dos JRPGs.

As Raízes

Apesar da série Romancing SaGa ser venerada como uma das séries definitivas dos JRPGs no Japão, junto de outras como Final Fantasy e Dragon Quest, você talvez se surpreenda em saber que algumas das maiores influências da série tem sua origem no ocidente.

Kawazu-san comentou, “como alguém que lê romances por Tanith Lee, Michael Moorcock e Ursula K. Le Guin, e que entrou em contato com RPGs de mesa, como Dungeons & Dragons, e clássicos dos computadores, como Ultima e Wizardry, poder trazer um título ao ocidente é uma grande alegria.”

Você claramente pode sentir as influências dos RPGs mencionados por Kawazu-san nas decisões presentes em Romancing SaGa 3.

Como o jogador, você terá o controle de um dos oito protagonistas do jogo, que possuem um arquétipo próprio, mas em vários momentos do jogo você terá de tomar decisões que afetarão enormemente o arco narrativo destes personagens. Da mesma forma que em RPGs de mesa, a diversão vem de interpretar certos personagens e fazer decisões baseado em quem eles são para ver sua história chegar a sua conclusão.

Enquanto outros JRPGs da mesma era também trouxeram histórias deslumbrantes e arcos de personagem dramáticos, nenhum capturou a tomada de decisões que Romancing SaGa 3 possui.

A História

So, decision making plays a key role in Romancing SaGa 3 – but what is the overarching narrative?

A cada 300 anos, o mundo sofre uma tragédia conhecida como Rise of Morastrum — um eclipse mortal durante o qual toda criatura viva que nasce está destinada a morrer, exceto por algumas exceções extremamente raras. Estes sobreviventes estão fadados a se tornarem forças do mal, ou grandes salvadores. A história de Romancing SaGa 3 se passa mais ou menos 12 anos após o último Rise of Morastrum, então o drama de uma suposta “criança do destino” será desvendado conforme você explora cada uma das histórias pessoais dos oito personagens principais.

Em termos de personagens, há muita variedade para escolher. O grupo também é perfeitamente dividido, com quatro mulheres e quatro homens, fazendo o jogo único para seu tempo. Depende completamente do jogador qual personagem irá jogar, mas cada um possui seu próprio caminho individual repleto de decisões, e há múltiplos lados da história para desvendar — jogar novamente é necessário.

Muitos dos personagens possuem relações secretas, ou não tão secretas, com outros, como Ellen e Sarah sendo irmãs, ou Katarina sendo a guarda-costas de Monika, então você definitivamente irá querer vivenciar a história sob suas perspectivas.

Gráficos e Sons

Além de Kawazu-san, a série possui dois outros veteranos de longo prazo que ajudaram a montá-la: Kenji Ito, que trouxe sua experiência musical, e Tomomi Kobayashi, cujas ilustrações coloridas definiram a aparência da série.

Fãs da série Mana provavelmente reconecerão o trabalho de Ito-san aqui, mas a série SaGa continua marcante para Ito-san: “[A música de SaGa é] bastante especial para mim pois é um projeto que me ajudou a constuir minha carreira como compositor.”

Do tema de batalha poderoso de Romancing SaGa 3 até sua abertura esperançosa, há muito para os jogadores aproveitarem musicalmente em sua jornada. Ito-san também compôs oito temas, um para cada protagonista, e sua abordagem começou “ao revisar documentos que falavam de suas características, físico e outros aspectos dos personagens. Depois, tentamos criar uma melodia ou mix que nos permita sentir a determinação ou vontade do persoangem, de forma que a personalidade de cada um também esteja presente na música”. Tenha isso em mente ao jogar e ouvir os diversos temas do jogo.

Kobayashi-san trabalhou na série Romancing SaGa desde sua criação, e deu a ela sua aparência colorida e dinâmica. Seu estilo incorpora um traço leve, uma paleta de cores em aquarela e diversos detalhes intrínsecos nas roupas dos personagens e nos fundos.

Fãs dos mangás japoneses irão achar seu estilo influenciado pela arte dos mangás shoujo — algo que Kobayashi-san ativamente tentou utilizar em seus designs de personagem. “Eu presumi que este tipo de jogo seria mais jogado por homens que mulheres, então meu objetivo foi adicionar mais elementos que fossem interessantes para mulheres em minha arte”.

Apesar de vilões nefastos e monstros horríveis serem uma ocorrência comum nos RPGs, Kobayashi-san fez de tudo para manter um senso coeso de elegância no design de seu trabalho em Romancing SaGa 3. “Tentei tornar as coisas mais sombrias ou assustadoras em algo belo. Ao invés de estranheza, eu tento invocar elegância, romance e sonhos”.

Realmente, a arte de Kobayashi-san fala por si mesma, então dê uma olhada em algumas de suas belíssimas criações por todo este post de blog.

As Batalhas

Bem, Romancing SaGa 3 tem a parte da história, música e arte bem feitas, mas vamos aos detalhes — é hora de falar dos sistemas de batalha.

Como muitos jogos do gênero, Romancing SaGa 3 se utiliza de combate em turnos para você e sua equipe de cinco personagens, além de seus inimigos. A diferença é que o posicionamento e a formação de seu grupo tem um grande papel em como você pode maximizar a ofensiva enquanto mitiga suas fraquezas. É o que também te possibilita performar ataques poderosos que seriam de outra forma impossíveis.

“Inspiração” também tem um papel grande nas batalhas. Com esse sistema, cada vez que um personagem ataca, há uma chance da inspiração aparecer (como uma lâmpada aparecendo em sua cabeça!) e dele lançar um novo ataque. Seu personagem poderá executar este novo ataque a qualquer momento após, então vale fazer diversas batalhas para crescer seus personagens antes de enfrentar batalhas maiores.

Há também um sistema único chamado Mass Combat dentro do jogo. Quando você opta por Mikhail como seu personagem principal, você pode participar de batalhas em larga escala, onde você comanda um exército. Naturalmente, este sistema difere bastante do sistema normal, mas é um que você irá querer testar durante o jogo. Há também outros mini-games presentes em Romancing SaGa 3, então fique de olho para estes diferentes modos de jogo enquanto explora.

O Novo

Considerando que Romancing SaGa 3 é um remaster em HD, esta versão possui gráficos lindos e otimizados para plataformas modernas. Além disso, há uma nova dungeon chamada “Phantom Maze” para jogadores explorarem. Há também a função New Game+, onde você pode levar alguns itens, habilidades aprendidas, dinheiro, níveis de habilidades e mais para um novo jogo.


Romancing SaGa 3 é realmente uma experiência. Com seus oito protagonistas, múltiplos finais saindo de cenários diversos, escolhas revolucionárias e sistemas de batalha, há muito para agradar os fãs de JRPGs. Demorou para chegar, mas nas palavras de Kawazu-san: “[…] poder trazer um título para o oriente é uma grande alegria. Espero que aproveitem.”

Romancing SaGa 3 está disponível para PS4 e PS Vita. Novos fãs também podem ficar de olho nos lançamento futuro de SaGa Scarlet Grace: Ambitions em 3 de dezembro para PS4.

Join the Conversation

But don't be a jerk!

Please be kind, considerate, and constructive. For other topics, head to our Forums. Report inappropriate comments to us_playstation_blog_moderation@sony.com

Deixe uma resposta

Please enter your date of birth.