PlayStation.Blog BR

Como o Combate em Final Fantasy VII Remake Une O melhor de Dois Mundos

0 0
Como o Combate em Final Fantasy VII Remake Une O melhor de Dois Mundos

Ação veloz e táticas em turnos são dois lados da mesma moeda no remake de uma lenda dos games.

Ok amigos, vamos deixar uma coisa bem clara: o combate em Final Fantasy VII Remake parece fantástico.

Ouvimos muitos rumores desde a revelação inicial de FF7R, os fãs da série estão com o pé atrás sobre a transição da série para um sistema de combate com mais ação. É bom desconfiar — trata-se de uma grande mudança em um dos games mais reverenciados de todos os tempos — mas estou animado e aliviado em dizer que embora o combate pareça muito veloz e cheio de ação, na prática há muito mais do DNA de turnos e estratégia escondido ali do que possa parecer…

Nas horas após meu tempo com o jogo em mãos, me encontrei descrevendo-o para amigos como uma abordagem moderna do combate original em turnos. Lembra quanto tempo gastamos esperando pelas barras ATB encherem no original? O Remake basicamente te dá coisas divertidas para fazer enquanto está esperando. Claro, suas barras ATB enchem sozinhas, mas acertar inimigos com golpes normais acelera o processo. Durante o jogo isso quer dizer que o combate é eletrizante e ainda fiel (talvez até reverencial) ao espírito do original.

Deixe-me elaborar. Há um “ataque básico” que você pode executar martelando o botão Quadrado, e pode bloquear com R1 ou se esquivar com Círculo. Claro, tudo isso parece estiloso e divertido, mas se depender dessas habilidades não vai vencer batalhas muito rápido. O grosso do combate em Remake é o Tactical Mode, que você pode entrar a qualquer momento pressionando X. Quando entrar no Tactical, o tempo quase para e você ganha acesso ao menu com opções para Habilidades, Magias e Itens. Você tem bastante tempo para planejar suas ações aqui — pense como se fosse uma versão cinemática do combate por turnos do jogo original.

Equipar Materia no equipamento de um personagem garante acesso à várias magias, e fraquezas elementais parecem ter um papel fundamental no combate de Remake. Quando lutei contra o icônico chefe Scorpion Sentinel boss, fiquei de olho na barra ATB de Barret como um falcão já que sabia que ele podia usar a magia Thunder — um ataque que o Scorpion com certeza não achava legal tomar na testa. FIquei trocando bastante entre Cloud e Barret, chegando perto com os ataques normais de Cloud para encher as barras ATB e usando habilidades de dano físico poderosas, depois mudando para Barret para acertar o chefe com Thunder e manter o grupo curado com a magia Cure (e de vez em quando usando uma Poção ou Ether, que também consome a barra ATB). Nota: a metralhadora do braço de Barret abre opções interessantes de combate à distância nesta batalha e nos confrontos menores com inimigos mais fracos.

Outra barra para ficar de olho na luta do chefe é a de Stagger, mostrada logo abaixo da barra de vida dele. Quando você a enche, p chefe fica atordoado, para seu ataque temporariamente e toma dano aumentado de todos os ataques por um tempo curto.

Alguns de seus personagens podem ficar presos ou restritos por algum inimigo, forçando-o a mudar para outro membro da equipe e tentar dar dano suficiente para libertá-lo. Isto serve como lembrete que deve sempre trocar de personagem, já que cada um possui sua barra ATB e habilidades poderosas.

E claro, os Limit Breaks estão de volta. Tomar dano enche sua barra Limit, e quando estiver cheia, seu menu Tático ganha uma nova opção: aquela toda colorida, linda e animada chamada “LIMIT BREAK”. Não seja tímido!

Algumas outras coisas que notei enquanto jogava Final Fantasy VII Remake (que doido escrever isso):

  • A música. Nossa, amúsica. Ouvi poucas faixas durante meu tempo com Remake, cada uma uma versão completamente orquestrada de uma das faixas do original. Ouça a música na , e então imagine este tratamento aplicado à algumas das outras músicas do jogo. É.
  • Falando de música, ela muda suave e dinamicamente entre faixas quando você entra e sai de combate. Muito legal o toque!
  • Grande melhoria de qualidade de vida: É possível descer escadas segurando R2 ou pressionando o analógico esquerdo.
  • Estes mesmos comandos deixam você correr se não estiver em combate.
  • É possível dar ordens aos outros personagens durante o combate selecionando-os com L2 ou R2 e navegando por seu menu Tático.
  • Após derrotar um inimigo com uma habilidade multi-hit, Cloud automaticamente redirecionou os ataques restantes para outro inimigo próximo, garantindo que não seriam desperdiçados.
  • O chefe Scorpion Sentinel tem transições de fase bem legais — basicamente mini-cenas que passavam sem interromper o encontro. Mesmo destruindo este inimigo incontáveis vezes durante as duas últimas décadas, fiquei com os olhos colados na tela desta vez.

Por enquanto é isso! Mas fique ligado — tenho certeza que teremos muito mais o que dizer conforme chegamos mais perto do lançamento de Final Fantasy VII Remake, no dia 3 de março de 2020.

Please Enter Your Birth Date

This content can be viewed only by people who meet the minimum age requirement.