The Last of Us Remastered

Mar 07

Mar 07

Após Um Ano de Nier:Automata, Compositor Keiichi Okabe Faz Restrospectiva Musical

Nier:Automata foi lançado há um ano atrás hoje. O compositor Keiichi Okabe revê a criação de uma das trilhas sonoras mais marcantes de 2017.

Keiichi Okabe's Avatar Postado por Composer, Monaca

Permita que me apresente. Meu nome é Keiichi Okabe. Sou o CEO da Monaca, Inc. e atualmente estou trabalhando como compositor de músicas de fundo para videogames (“BGM”) e versões teatrais de vários animes. Estava no comando da direção musical e da composição de Nier:Automata.

Em linhas gerais, quando componho músicas BGM para um videogame, o trabalho de som é finalizado uns 2 a 3 meses antes do jogo sair para as vendas, então durante o lançamento geralmente estou mais focado em dar entrevistas e aparecer em eventos.

Nier:Automata - Original Soundtrack

No entanto, com Nier:Automata, logo após completar o trabalho de som dentro do jogo, veio a criação da trilha sonora original (“OST”), um passo que geralmente não fazemos. E na sequência, houve um evento chamado “The Memories of Puppets”, uma combinação de show ao vivo e performance de voz. A versão vinil da trilha sonora original foi à venda logo após, e o álbum “Arranged & Unreleased Tracks” foi lançado, sem falar na versão teatral do show “YorHa”, que estava para sair… Ou seja, foi um período cheio de eventos e lançamentos contínuos, então antes mesmo de eu notar, um ano se passou.

Com títulos prévios em que trabalhei, o sentimento era sempre de “quando as vendas começarem, meu papel acabou”, mas com Nier:Automata, ainda tinha muito trabalho por vir.

Dito tudo isso, eu gostaria de responder algumas perguntas:

A música original de Nier foi extremamente bem recebida, voc6e pode falar mais sobre como você gostaria de continuar esse legado para garantir que os fãs não fiquem decepcionados com Nier:Automata?

O “Nier” anterior era uma história de fantasia passageira e triste, portanto, compus a música de forma misteriosa, delicada e efêmera. Comparado a isso, Nier:Automata é muito mais sci-fi, então tentei fazer a música de fundo ser mais dinâmica. Dito isso, de forma a tentar manter alguma semelhança, utilizei “vozes” para cada faixa, de forma a criar uma melodia que expressasse o mesmo sentimento triste efêmero. Realmente acho que a fusão entre música dinâmica e triste que resultou disso a fez ter a cara do jogo.

Qual melodia pela qual você canaliza suas ideias nos produtos finais de suas composições?

Primeiro, eu penso nos visuais e na situação, e só após coloco meu coração e minha alma na criação de sons que farão uma cena mais rica. Mas a ordem em que componho varia de música para música [risos]. Para músicas de batalha, onde o ritmo é mais importante, eu geralmente começo com as batidas e parto dali. Com algumas canções, sigo um processo mais típico de criação de trilhas, onde instrumentos específicos — como por exemplo, uma frase repetida — vêm primeiro e crio em cima disso. Para canções que expressam emoções, eu imagino alguém cantando e faço uma melodia que ao meu ver seria emocionante se cantada. Componho o resto da faixa em volta disso para fazer essa melodia brilhar.

Você tem alguma história engraçada sobre Yoko Taro e Yosuke Saito durante a criação de Nier:Automata?

Nier:Automata Music Concert

Muitos dos pedidos do Diretor Yoko Taro são feitos no formato de pedidos no estilo “faça uma música para esta cena”. Ele usa as composições como esperado, mas também as usa em maneiras completamente surpreendentes às vezes. A canção “Alien Manifestation” foi requisitada para ser a música de um dos estágios finais. Mas quando comecei a jogar o jogo, logo quando você toma controle do personagem pela primeira vez, ela estava lá, e eu pensei “O queee? Essa música aqui?” Eu apenas ri.

O produtor Yosuke Saito nunca disse muito para mim a respeito da música enquanto estávamos na fase de produção, apenas que ele queria que eu incluísse uma série de versões refeitas de uma canção específica do “Nier” anterior ou outros pedidos do tipo. Se Yoko-san e eu estávamos OK com algo, por ele estava tudo bem.

Yoko-san é muito peculiar como criador, e não é facilmente influenciado. Eu sempre penso comigo mesmo que produtores que o empregam são corajosos [risos]. Eu achei que a forma como Saito-san lidou com o “Yoko-tan esbravejante” impressionante. Talvez ele seja simplesmente maior que a vida? Ou tem muita admiração por Yoko-san? Eu não sei, mas apesar de o sucesso de Nier:Automata se dever em grande parte pelas habilidades de Yoko-san, se Saito-san não estivesse envolvido, eu não acho que teríamos conseguido terminar o projeto. Ele é alguém que eu realmente respeito. Não e só bajulação, eu realmente acredito nisso! Ele é maior que a vida [risos]!

O que você quer que os fãs sintam ao ouvir sua música?

Sou parte de uma geração que amirou a música da América do Norte e da Europa enquanto cresceu. Então quando comecei a compor, fui muito influenciado pela música ocidental e tentava imitá-la. Mas quanto mais eu o fazia, mais eu sentia que meu estilo era muito japonês. Comecei a me perguntar que tipo de música eu realmente conseguiria fazer, e por tentativa e erro, a música da série Nier nasceu. Eu ouvi músicas maravilhosas ao redor do mundo todo, internalizando e absorvendo tudo do meu jeito, e colocando minhas emoções em tudo que criava, com meus antecedentes japoneses. Para ser honesto, não tenho ideia de como os fãs do oeste vão se sentir quando ouvirem minha música, mas se a curtirem ou acharem emocionante, estarei muito feliz.

Nier Gestalt & Replicant and Automata Vinyl Box Set

Nier Gestalt & Replicant Vinyl SoundtrackNier:Automata Vinyl Soundtrack

Após o lançamento de Nier:Automata, como foi a reação dos fãs? Foi estressante antes do jogo ser lançado? Você está aliviado? Você conseguiu fazer tudo que queria ter feito com a trilha do jogo?

Houve bastante pressão, então foi trabalhoso criar tudo. Eu compunha um pouco, refazia tudo, e conforme esse ciclo se repetia de novo e de novo, comecei a ficar sem tempo. Foi bastante caótico mais para o final [risos]. Então estou bastante contente que as pessoas curtiram a música mais do que eu esperava. Para ser honesto, fiquei realmente surpreso de ter sido indicado para — e ter ganho — tantos prêmios. Acho que Nier:Automata é um jogo muito atraente, e acredito que a experiência de jogo realmente coloque a música sob uma luz mais favorável. Talvez haja partes que não tenham alcançado a perfeição, mas imagino que por causa de quem somos aqui e agora é que somos capazes de expressar um tipo de “charme” que é único.

Por fim, para todos que jogaram Nier:Automata, e todos que ouviram a trilha sonora, muito obrigado! Fui à uma quantidade enorme de eventos no Japão, onde pude ver as reações dos fãs em primeira mão e me comunicar com eles, mas também vejo as respostas do oeste online, e fico muito feliz com isso. Sonho com o dia em que teremos um evento no oeste e poderei vê-los todos em pessoa. Farei o meu melhor para tornar isso realidade, então continuem torcendo por mim!

Comente também

Glaubertt_RJ_BR said:

março 7th, 6:53 pm

Gostaria de entender porquê a PSN BR é tão limitada?Falta muito conteudo. Por exemplo o jogo anunciado ano passado ” The Long Dark” que está disponível na PSN Americana.
Sem mencionar temas e mais jogos, gostaria de ver o Dragon Quest X é o XI

DarkKnightWolf7 said:

março 8th, 7:57 am

A trilha sonora tanto de NieR Gestalt & Replicant quanto NieR Automata é impecável. Tem músicas que são de arrancar lágrimas do jogador. Confesso que comigo foi assim. Keiichi Okabe, muito obrigado por compor essa trilha tão incrível.

Os comentários estão encerrados. Os comentários são desabilitados para posts com mais de 30 dias.

PlayStation Blog