Driveclub

Nov 14

Nov 14

Novo jogo para PSVR, Blood and Truth, mistura John Wick, James Bond e John McClane

Descubra o que sabemos sobre o jogo, com London Studios ao nosso lado

Corey Brotherson's Avatar Postado por Content Producer, Sony Interactive Entertainment Europe

Incríveis habilidades de luta, uma necessidade de salvar o dia e (se você for dos anos 80) respostas sagazes… quem não ia querer ser um herói de filme de ação? E com o novo jogo exclusivo de PlayStation VR, Blood and Truth, você pode participar de todas as maluquices perigosas que vem com isso.

Com o diretor de desenvolvimento de produtos da London Studios da Sony, Stuart Whyte, interpretando um Riggs ao lado do meu Murtagh, coloquei um capacete PS VR e segui ele durante a revelação na recente Paris Games Week, coloquei meu coldre virtual e ambos exploramos um lado diferente da minha típica vida londrina (pelo menos é o que eu contei para minha família)…

1. The London Heist foi só o começo
Se você foi um dos muitos fãs de The London Heist de PlayStation VR Worlds, agradecemos – foi sua paixão que nos ajudou a criar Blood and Truth.

“Ficamos muito empolgados em ver que todos amaram The London Heist tanto quanto nós,” diz Stuart. “Foi super divertido de desenvolver, e tinha muita coisa que queríamos fazer mas não pudemos. Então Blood and Truth é a expansão do que fizemos.”

Então se você vê The London Heist como um curta, Blood and Truth é o longa metragem com toda ação explosiva que você imagina, mas ainda mais longo e mais detalhado. No meu teste da demo, estava usando os controles de movimento PS Move para abrir fechaduras, e me mover nos ambientes por pontos pré-definidos, e até usei um circuito interno de TV com joystick para seguir remotamente um discreto chefe criminoso por seu cassino.

“Melhoramos alguns elementos de design também,” diz Stuart. “Você não tem um inventário em The London Heist, mas agora tem coldres lateral e traseiro, um kit de ferramentas e um cinturão de munição – tudo adiciona ao sabor e brinquedos que você tem à disposição.”

blat_screen_1080_ps4_age_gated_pgw17_00001_1509387995_37697699054_o

2. Isso não é uma mera briga britânica
Claro, Blood and Truth é ambientado em Londres, mas, de acordo com a escala ampliada do jogo, a equipe de desenvolvimento se afastou dos clichês de Guy Ritchie. Pense em algo maior.

“Queríamos seguir em uma direção um pouco diferente,” explica Stuart. “The London Heist acertou o estilo britânico, então queríamos expandir e repaginar isso com todos os filmes de ação, jogos e cenas que amamos.

“Adoramos aquela sujeira e glamour da Londres atual – cassinos chiques, museus, galerias de arte, conjuntos de torres, becos caindo aos pedaços e tal, e achamos que seriam um excelente pano de fundo para um jogo desses. É importante ao usar VR ter uma variedade de ambientes, para você sentir como é Londres. E você certamente reconhecerá alguns dos locais.”

Blood and Truth PGW-04

3. Você é um combo dos três grandes ‘Js’ dos filmes de ação
Como prometido pela London Studios, o protagonista de Blood and Truth – o soldado das forças especiais Ryan Marks – é o herói de filme de ação quintessencial.

“Fomos muito influenciados por James Bond, John Wick e John McClane,” sorri Stuart. “Queríamos aquele balé violento de arma-fu de Wick; o treinamento militar e toque britânico, com missões multifacetadas e espetaculares de Bond; e o humor cáustico de um homem contra o mundo de McClane.”

E na demo que experimentei, todos esses elementos ficaram óbvios. De fisicamente usar meus braços para me locomover por um duto de ar (“agora sei como se sente uma refeição congelada”) e desesperadamente plantar explosivos C4 em um cassino repleto de capangas, até usar um extintor para desencadear uma sequência de câmera lenta na qual todo tiro faz diferença, havia referências de sobra a cada minuto de Blood and Truth.

Até o tutorial me lembrava de Neo entrando na sala de equipamento de Matrix enquanto você se acostuma ao calibrar a mira, guardar arma no coldre (há opção para destros e canhotos) e recarregar.

Blood and Truth PGW-07

4. Você aprenderá alguns truques úteis
Ficar bem na fita enquanto derruba o crime organizado é um clichê essencial de qualquer herói de filme de ação, então Blood and Truth está repleto de coisas incidentais que você pode fazer que fazem você se sentir em um filme de John Woo, como atirar para derrubar escadas molhadas em becos, girar a arma no dedo e atirar em (ou devolver) granadas no ar.

“Você também pode colocar um pente na mesa e bater com a pistola em cima, assim como arremessá-lo no ar e pegar com a arma,” diz Stuart. “Estamos buscando todo tipo de atividade legal assim no game.”

Blood and Truth PGW-08

5. Todo herói precisa de uma música tema
Quando o London Studios fala em misturar a sujeira e glamour da cidade, eles também querem algo misto na trilha sonora também.

“Nosso amor por Londres aparece nas escolhas musicais,” explica Stuart. “Nossa equipe de áudio experimentou muito e combinou música clássica orquestral com a sujeira. E se você entrar em um lugar e começar a jogar muito bem, os elementos sujos são introduzidos de forma dinâmica à trilha.

“PlayStation sempre foi sinônimo de conexão a tendências musicais emergentes e atuais desde os dias de WipEout, e a equipe de áudio realmente queria fazer algo novo. É um som londrino bem moderno.”

6. Você escolhe que tipo de astro de ação quer ser
Você pode ser um dos melhores batido-mas-não-misturado do gênero de ação, mas ainda está no volante de como quer que Ryan siga em sua missão contra um mortal rei do crime.

“O drama em London Heist podia deixar as pessoas intimidadas, mas era muito passivo e unilateral,” diz Stuart. “Então com Blood and Truth queríamos dar mais escolha ao jogador.”

No clímax da demo que joguei, fiquei cara-a-cara com o nojento dono do cassino Keech, depois de seguir ele durante um tiroteio intenso. Tive a escolha de intimidá-lo com um tiro de aviso ou algo um pouco mais… pessoal.

“Normalmente atiro no joelho, porque isso faz ele te dizer exatamente o que você precisa bem rápido!” admite Stuart. “Quando fizemos o teste, muitas pessoas não notaram que você tem escolhas ao alcançá-lo, porque achavam que seria algo considerado uma derrota, mas não é!”

“Esse tipo de coisa na história era muito importante, já que jogadores realmente curtem as conversas e interações com objetos/pessoas em The London Heist. Então queríamos elevar isso a novos patamares.”

O PS VR será lançado no Brasil em dezembro.

Comente também

de-ividbarbosa18 said:

novembro 14th, 12:13 pm

dezembro brasil sao-paluo-sp 1/12/17 psvr ps4 ok de-ividbarbosa@outook.com id de-ividbarbosa18 deivid nome deivid rafael da costa barbosa brasil pt ok

Thomask00c said:

novembro 15th, 9:22 am

Falta liberar os jogos de VR pro brasil tbm. Pacere que só os americanos tem VR.
Ô SONY DA UM JEITO AÍ PÔ

Deixe um comentário

PlayStation Blog