Playlist para a Festa de Final de Ano do Spotify — escolhida especialmente pelos desenvolvedores do Playstation

2 0
Playlist para a Festa de Final de Ano do Spotify — escolhida especialmente pelos desenvolvedores do Playstation

A eterna preocupação de qualquer festa de Ano Novo: a playlist. A indecisão reina absoluta. Qual a vibe que vamos passar com a trilha escolhida? E, apesar de o Spotify tornar tudo mais fácil de se basear em uma lista de canções mundiais, também é mais fácil para qualquer pessoa, adicionar qualquer música com um simples toque do dedo.

Por isso sugerimos que você mantenha sua seleção de músicas digitais fora do alcance de seus convidados… e que você mesmo controle a sua playlist. Por que não deixar que os principais desenvolvedores de Playstation, no mundo inteiro, façam a seleção para você?

Pedimos aos criadores, ao redor do mundo, para que dessem suas recomendações pessoais e em relação a lista de ano novo ideal para seus próprios projetos. Nomes familiares, novas músicas, batidas contagiantes, movimentos exclusivos de dança… encontre tudo isso na playlist do Spotify* abaixo (e leia as dicas dadas por nossos desenvolvedores a seguir).

A escolha das faixas pode variar dependendo do território.

“Quando eu ouvi pela primeira vez, pra mim era como um novo tipo de música que eu não tinha ouvido antes. E toda vez que eu escuto isso, eu fico extasiado.”

James Austin, Diretor, Boundless, Wonderstruck

“Arnalds é um compositor muito talentoso da Islândia (ele também trabalhou na trilha sonora de Broadchurch). Suas trilhas são calmas, quentes, atmosféricas, soam muito modernas enquanto usam violinos e metais reais, assim como cantores incríveis que eu nunca sequer ouvi falar (desculpe Nanna Bryndís Hilmarsdóttir … mas eu amo sua voz!). Acho que nesses tempos difíceis, ouvir trilhas sonoras atmosféricas emocionais de um cara muito talentoso só pode nos fazer bem e talvez nos inspire a fazer deste mundo um lugar melhor em 2017…”

David Cage, Fundador, Detroit: Become Human, Quantic Dream

“A canção que mais me tocou neste ano foi a Youth, da Daughter. Resume o ano inteiro para mim: um ano depois, a terra circundou o sol mais uma vez. 2016 foi um ano difícil, mas chegamos à reta final. Youth é um lembrete de que as coisas podem não terem sido feitas da maneira que esperávamos este ano, mas não é motivo para parar de tentar. Basicamente, viva no momento e não se apresse, o arrependimento é um monstro com dentes afiados que pode acabar com você. Feliz 2017, amigos!”

Jeff Shaw, Game Designer, Plants v Zombies: Garden Warfare, PopCap

“Eu ouvi essa música pela primeira vez em um podcast do PlayStation – PS I Love XOXO – e ela não sai da minha playlist desde então. Os tons otimistas e a presença vocal forte criaram uma trilha fantástica.”

Scott Walters, Designer Assistente, Rise of the Tomb Raider, Crystal Dynamics

“Quando comecei com jogos nos anos 80 (Atari ST), desenvolver jogos e tocar música eletrônica era algo entrelaçado. Eu sempre me mantive atualizado de como o sampling e a música eletrônica evoluíram. Com no último álbum do De La Soul (And the Anonymous Nobody), há ótimas músicas, com samplings e até música ao vivo. Por exemplo, ouça Royalty Capes.”

Nouredine Abboud, Produtor Sênior, Ghost Recon: Wildlands, Ubisoft Paris

“Para aqueles que precisam de um pouco de motivação/um acorda para o Ano Novo.”

Alex Kanaris-Sotiriou, Diretor de Arte, RIGS, Guerrilla Cambridge

“Minha música de Ano Novo vai ter de ser Starboy do The Weeknd. O duo Daft Punk produziu uma grande faixa que é destacada pelos vocais incríveis do The Weeknd, e que às vezes soa como Michael Jackson.”

Eric Jensen, Game Designer Sênior, Days Gone Bend Studio

“ Childish Gambino – Boogieman.”

Brian Hayes, Diretor de Criação, EA Sports UFC 2 EA Canada

“Good As Hell do Lizzo foi uma das minhas músicas favoritas para sair no ano passado. É uma música empoderadora e empolgante.”

Sarah Hebbler, Produtor Executivo, Rocket League, Psyonix

“Simples, marcante com vocais viciantes sobre não se importar com o que os outros dizem. Ótima pedida para depois da meia-noite, quando você quer um boost de energia extra.”

Ian Milham, Diretor do Jogo, Rise of the Tomb Raider, Crystal Dynamics

“Embora isso dependa dos planos de véspera de Ano Novo, acho que essa é uma boa música para perder a cabeça.”

Jake Solomon, Diretor de Criação, XCOM 2, Firaxis Games

“Enquanto você me pergunta isso, eu estou na Califórnia, então eu vou ter de escolher Pixies, Hey, do Doolittle.”

Gavin McCarthy, Diretor de Arte, Way of the Passive Fist, Household Games Inc

“Pra mim essa não pode faltar no Ano Novo. As linhas vocais quase primais, emocionalmente carregadas de Eddie Vedder no clímax dessa música são simplesmente incríveis. Quase certo para explodir qualquer mau-humor e botar a festa pra rolar de novo!.”

Andrew Wilans, Designer Chefe, EVE: Valkyrie CCP Games

“Dá vontade de sair pulando por aí cantando junto. Punk rock dos bons.”

Jason Schroeder, Produtor Sênior, South Park: The Fractured But Whole Ubisoft San Francisco

“Amo o jeito que essa música me faz sentir! “Então este é o Ano Novo / e eu não me sinto diferente” praticamente diz tudo. Todos procuramos resoluções, nos vestimos e comemoramos a esperança de que o próximo ano será melhor do que o último. É uma desculpa para deixar o passado pra trás e recomeçar.”

James “Jlo” Lopez, Produtor, Borderlands, Gearbox Software

“Tem um lado meio pesado, então eu não sei se a maioria das pessoas chamaria isso de faixa de Ano Novo. Mas eu acho que é boa para beber e conversar com os amigos.”

Richard Rouse, Diretor, Designer, Roteirista, The Church in the Darkness, Parnoid Productions

“Tenho sido um fã de Blind Guardian desde os anos 90, e finalmente consegui vê-los tocar ao vivo novamente depois de quase 20 anos – dessa vez em San Francisco, ao invés de na Alemanha.”

Matthias Worch, Diretor de Design, Mafia III, Hangar 13

“Eu simplesmente amo essa canção poderosa e corajosa que te faz sentir invencível.”

Jean-François Dugas – Diretor Executiv, Deus Ex: Mankind Divided, Eidos Montreal

“Ravenous Disease do Impending Doom, direto da trilha sonora de Killing Floor 2. O porquê – pois é brutal e me faz querer pular por aí e lutar contra hordas de monstros!”

John Gibson – Presidente/Tripwire Interactive, Killing Floor 2

“Ouça a música e acho que você vai entender por que ela precisa estar em todas as playlists, não apenas nessa.”

Masachika Kawata, Produção, Resident Evil 7, Capcom

“Soa épico.”

Brian Allanson, Programador e 3D Artist, A Post Modern RPG Yiik, Y2K

“Faixa incrível de uma banda incrível, e para uma festa de arromba… realmente uma ótima música para estender aquele beijo sob o luar…”

Michael Gamble, Produtor, Mass Effect, BioWare

“A música veio da trilha sonora de Payday 2. Realmente melhora a jogabilidade, mas também é bem legal para festas, ou mesmo outros jogos FPS. Ouça sem dó!”

Katsuhiro Harada, Diretor do Projeto, Tekken, Namco Bandai

“The Way Home, do Magic Sword, porque com sorte você vai ter bebido tanto que nem vai lembrar nada no dia seguinte.”

Dave Crooks – Game Designer, Enter the Gungeon, Dodge Roll

“Recomendamos Turbo Killer do Carpenter Brut. É o tipo de canção que te dá aquela energizada ao corrigir aqueles últimos bugs irritantes em seu jogo ou para aquela energia extra antes de sair pra uma festa. As batidas insanas e o baixo com sintetizadores impressionantes se juntam em um final épico!”

Guillaume Voghel, Produtor de Mordheim: City of the Damned Rogue Factor

“Definitivamente a música que toca quando você finalmente sai da prisão em Furi. Make it Right do The Toxic Avenger. Tão edificante e ao mesmo tempo tão intensa. Perfeita para um recomeço.”

Audrey Leprince, Co-fundador de Furi, The Game Bakers

“A faixa Alive da Sia celebra o espírito de sobrevivência, enquanto olha com firmeza para o que está por vir — tipo a atitude que eu imagino que a Lara teria ao enfrentar ruínas, o deserto hostil e ataques de inimigos implacáveis enquanto ainda permanece focada em um único Objetivo de continuar avançando para enfrentar Trinity e salvar o mundo. Alive não é uma das melodias mais otimistas, mas refletindo sobre todos os eventos mundiais de 2016, os vocais ardilosos entrecortados com os cantos repetitivos de “Eu ainda estou respirando” e “Eu estou vivo” parecem ter o tom apropriado para nos levar até 2017. Alive é o single principal de Sia, de seu álbum de 2016, (seguido por ‘Cheap Thrills’ e ‘The Greatest’) e inclui Adele como uma das co-compositoras. Não consigo pensar em uma maneira melhor de sair de 2016 do que escutando ‘I’m Alive!’ ao tentar imitar, com perfeição, Sia / Adele / Lara Croft…”

Robin Huey, Community Specialist Associado, Rise of the Tomb Raider, Crystal Dynamics

“Eu escuto o BGM todo o tempo e ouço a música de acordo com a recomendação das playlists. para a festa de Ano Novo, eu recomendaria Bruno Mars, 24K Magic. Isso vai fazer você dançar!”

Kazutoki Kono, Diretor do Projeto, Ace Combat, Bandai Namco

“Oliver Heldens é um dos meus DJs favoritos e sua faixa com Tiësto, The Right Song com Natalie La Rose é uma ótima trilha para celebrar a véspera de Ano Novo.”

Mathijs de Jonge, Diretor do Jogo, Horizon Zero Dawn, Guerrilla Games

“Em solidariedade com a nossa sede suíça, vou escolher Everybody do DJ Bobo. Não tenho certeza se eles vão me deixar entrar na sede novamente, mas…”

Martin Rabl, Gerente de Marketing e RP, Farming Simulator 17 Giants Software

“Não fique pra baixo nesse Ano Novo. Saia dançando ecom essa canção alegre e festiva!”

Tim Wileman, Produtor, Lego Star Wars, TT Games

“Eu faria questão de ouvir False Alarm do THE WEEKND pra me divertir um pouco!”

Paul Narducci, Designer Chefe, The Crew Ivory Tower

“Eu realmente não curto essa vibe de músicas natalinas. Então eu vou propor algo novo que estou curtindo muito agora e provavelmente vou ouvir durante os feriados. Smoke & Retribution. Grande mistura de gêneros. E Vince Staples.”

Dominic Guay, Produtor Sênior, Watch Dogs 2 / For Honor, Ubisoft Monteal

“Essa é uma música que me relaxa cada vez que eu a ouço. Eu toco a canção para me deixar no clima se eu estou na academia ou se eu só quero relaxar. Isso me transporta para uma atmosfera de festa, e obviamente é isso que você precisa vir o golpe da meia-noite.”

Mark O’Connor, Produtor, Wipeout Omega Collection, Sony XDev

“Eu sou uma criança dos anos 90. Bem, 70s, 80s e 90s – eu sou um pouco mais velho. Mas para mim, a música que é garantia para levar as pessoas para a pista de dança é Bell Biv DeVoe, Poison … esses caras faziam parte do New Edition, que fez parte da nossa cultura por anos, mas quando eles se separaram, na verdade criaram um som muito original . Então eu só me lembro do verão de 1989, ouvindo essa música mais e mais. Isso sempre me marcou. E a qualquer momento em que eu estivesse em qualquer lugar que aquela música tocasse, todo mundo simplesmente corria para a pista de dança. Então isso é um must-have na playlist de qualquer um. Provavelmente não deve ser muito popular entre muitas pessoas, mas acho que tem resultados surpreendentes.”

Dave Thatch, Diretor Senior, International Software Development & Special Operations para o Worldwide Studios America

“Uma homenagem perfeita em uma playlist de ano novo seria adicionar uma música animada do grande David Bowie.”

Phil Nightingale, Designer Senior, Tethered, Secret Sorcery

“Ok, então eu diria algo do Memory Tapes, mas isso seria muito obscuro, eu espero… Recentemente eu voltei para os meus CDs antigos com o plano para uma faxina geral, ou seja, me livrar deles por ter milhares acumulados por tantos anos. Basicamente, isso não funcionou. Eu vou ser realmente brega com a minha escolha, mas vou dizer Love to Hate You do Erasure.”

Michelle Ducker, Produtor, Dreams, Media Molecule

“A playlist Steep já está disponível no Spotify! Uma das canções que eu recomendaria definitivamente para uma festa de ano novo é Freestyler, do Bomfunk MC’s. Já foi lançada faz um tempo, mas ainda soa tão legal quanto no dia em que foi lançada pela primeira vez.”

Sébastien Arnoult, Produtor, Steep, Ubisoft Annecy

“Intergalactic é uma das faixas que eu mais ouvi durante o desenvolvimento do nosso jogo Hellblade: Senua’s Sacrifice. Ajudou-me a começar os trabalhos e é a trilha perfeita para qualquer um “experimentar” break dancing em uma festa de Ano Novo.”

Dominic Matthews, Desenvolvimento de Produtos, Hellblade, Ninja Theory

“Decidi perguntar sobre a playlist para o meu filho Erik, já que todas minhas recomendações seriam pelo menos cinco anos mais velhas, E ISSO NÃO É BOM. Ele disse: “Festa de Ano Novo? Bem, hmmm. Você quer que as pessoas possam dançar e também possam ouvir a música. Você sabe o quê? Honestamente? Don’t Stop Believin’ do Journey, QUE É BOA DEMAIS. Mas… sabe o que mais, criançada? Eu vou ter de ir em frente e adicionar ‘Hello, Bitches’ do CL, como MINHA recomendação. Porque se há uma coisa que eu aprendi neste, é que CL é SURPREENDENTE.”

Jason Vandenberghe, Diretor de Criação, For Honor, Ubisoft Monteal

“É a música perfeita para animar uma festa!”

Spencer Yip, Diretor, Fallen Legion

“2016 marcou o fim da carreira de um dos maiores gênios musicais de um século.”

John Watson, Diretor Técnico, The Banner Saga, Stoic

“O arranjo e a mensagem ambos emocionantes da canção compensam seu ritmo mais lento. Eu tentaria encaixá-la no final da noite para um pouco de reflexão.”

Ken Chua, Associate Software Engineer, Rise of the Tomb Raider, Crystal Dynamics

Os comentários estão fechados.

2 Comentários

  • Ei, pessoal do Blog. Bem legal esse post aqui. Eu gostei do texto e seleção de músicas. Ponto alto foi relembrar Freestyle do Boomfunk MC’s. Feliz ano novo aos Players.

  • Muito bom

Por favor, informe a sua data de nascimento.