Dying Light 2 Stay Human: como o parkour e o combate criativo são os combustíveis da ação

1 0
Dying Light 2 Stay Human: como o parkour e o combate criativo são os combustíveis da ação

Descubra como as duas mecânicas centrais se entrelaçam para moldar esta experiência em mundo aberto.

Como se manter vivo em um mundo que se transformou em uma Idade Média Moderna? Você precisa de habilidade, armas e de uma boa cabeça. As mecânicas de parkour e combate criativo de Dying Light 2 Stay Human deixam você combinar tudo isso para enfrentar e eliminar seus inimigos. 

Vamos começar com o parkour. Ele é a base da sua sobrevivência na Cidade. Lá, um Infectado insano pode estar escondido em todo canto, e as ruas estão cheias de pessoas hostis. Você deve ser veloz para surpreendê-los, ou conseguir fugir deles. Poder saltar entre os telhados, balançar de barras, ou até usar ganchos para alcançar posições elevadas salvará sua vida, literalmente! Além disso, se deseja encontrar suprimentos, a sua melhor chance é procurar por locais de difícil acesso.

E sim, você pode usar seu gancho! Além de um paraglider e várias outras ferramentas. Elas mudarão a maneira com que você se locomove, e possibilitam várias táticas. Isto é importante já que a Cidade é um ambiente vasto, rico e cheio de camadas. Há várias rotas alternativas para explorar.

Em Dying Light 2 Stay Human, o parkour é fácil de aprender, e difícil de dominar. Sempre há uma sensação natural de fluidez. Para garantir isso, criamos MILHARES de animações e incontáveis elementos do ambiente para você interagir. Como resultado, o parkour é como o yin para o yang do combate criativo. E por falar em combate…

Como você aborda seus inimigos depende da facção com que você se aliar, suas armas favoritas, a ameaça que vai enfrentar e sua localização atual. A variedade de possibilidades a qualquer momento deixa você realmente encontrar seu estilo de jogo. Entretanto, você não será a maior força no campo de batalha. Os inimigos são realmente perigosos, e possuem suas próprias táticas. Os Infectados em sua maioria são simples brutamontes, perigosos em grupo, mas os humanos são piores. Eles raramente andam sozinhos, e preferem usar táticas de grupo. 

O comportamento de seus inimigos também muda dependendo das armas que carregam. Fizemos o arsenal se encaixa no tema de Idade Média Moderna, com foco em itens improvisados e modificados. Basta uma olhada para ver que seu inimigo está usando algo improvisado, encontrado em um museu, ou roubado de um veículo militar. Mas você pode se defender também! Principalmente se fizer upgrades em suas armas. Você pode modificá-las para ter mais durabilidade, ou ter efeitos especiais, como fogo, veneno ou efeito congelante.

Viver para ver um novo dia é um desafio em Dying Light 2 Stay Human. Mas você é um sobrevivente. Fique frio e tudo estará bem. Descubra se você consegue quando o jogo for lançado, dia 7 de dezembro de 2021!

Os comentários estão fechados.

1 Comentário

  • HuguinhoCas

    Cadê os jogos da plus? Não era em toda última quarta-feira do mês que revelava? Era pra ter saído ontem mas até agr nada

Por favor, informe a sua data de nascimento.