PlayStation.Blog BR

Vencendo Barreiras Regionais para Criar Evan’s Remains, Disponível para PS4 em 11 de Junho

0 0
Vencendo Barreiras Regionais para Criar Evan’s Remains, Disponível para PS4 em 11 de Junho

Como os desenvolvedores da Argentina que criaram esse misterioso jogo de puzzles venceram os desafios únicos de lançar um game na América Latina.

Olá leitores PlayStation Blog! Estou feliz em anunciar que o meu jogo indie, Evan’s Remains, está finalmente chegando para Playstation 4 dia 11 de junho. Se curte puzzles inteligentes e uma experiência focada em história cheia de mistério, não deixe de dar uma olhada neste título. Após mais de dois anos trabalhando mais ou menos sozinho, com a ajuda de alguns amigos e um publisher, conseguimos. 

Então como tudo começou para Evan’s Remains? Como pode ter notado pelo título, sou da América latina, Argentina para ser específico. Aqui, ganhar a vida criando games não é algo que se costuma encontrar as pessoas fazendo. Na verdade, nem sabia que era possível até tentar eu mesmo. Tentei fazer games no passado como um novato total, mas tudo ficou sério após uma reunião com um grupo de desenvolvedores de games da cidade para a qual havia acabado de me mudar. Depois disso, pensei “Ei, esses caras estão fazendo isso profissionalmente, e moram apenas alguns kilômetros da minha cada, então também posso, porque não?” Então voltai ao mundo da criação de games, fazendo jogos pequenos, e após um período de aquecimento, chegou Evan’s Remains. 

Claro, o game não apenas se manifestou do nada. Passei um ano inteiro trabalhando em uma demo, além do meu emprego normal, aprendendo pela internet. mas sabia que seria preciso dinheiro para terminar: Precisava encontrar um investidor disposto a arcar com os custos. Não podia ir para a GDC ou outro evento grande. Só de pensar em viajar para outro país já fazia minha carteira chorar. Então apostei todas as minhas cartas em uma pequena convenção argentina de desenvolvedores chamada “Eva”, que geralmente possui alguns estrangeiros. Seria a minha chance de ouro: Eu *tinha* que fechar um acordo lá, de alguma forma. Para a surpresa de ninguém, foi um fracasso total. 

No fim, é preciso não só saber vender seu peixe (algo em que nunca fui bom), como também treinar bem seu inglês caso não seja fluente. Tive algumas pequenas reuniões que não levaram a nada. Após o evento, estava pronto para considerar cancelar o projeto e começar do zero. Afinal, já havia aprendido bastante, nem tudo estava perdido.

Entretanto, tive sorte o bastante de conhecer Matthew White da Whitethorn Digital (meu publisher atual), que me enviou uma mensagem pela página do game no Facebook. Ele me disse que encontrou a demo no site itch.io e queria ser parceiro, oferecendo parte dos fundos e chefiando uma campanha no Kickstarter.

Lição aprendida: se você é um desenvolvedor que mora longe dos lugares grandes e quer construir uma audiência, vender algo para um publisher, ou criar campanhas de crowdfunding, a sua melhor aposta é uma presença e portfólio online. Você precisa ficar bom em fazer as coisas que deseja fazer, e torná-las fáceis de encontrar para outras pessoas. (Não que já estivesse completamente ciente disso nessa época, aprendi do jeito difícil primeiro). Ah, e aprenda a escrever bons e-mails. 

Tenho trabalhado com a Whitethorn Digital desde então. São ótimas pessoas. 

Também sou grato à minha mãe por me obrigar a frequentar aulas de inglês quando era criança, ou nenhum desses relacionamentos teria acontecido em primeiro lugar. Isso é outra coisa que quem não fala inglês deve lembrar: aprenda a falar e escrever a língua, não precisa ser perfeito, apenas bom o bastante para que as pessoas o entendam.  

Isso mais ou menos resume a concepção de Evan’s Remains, um game nascido de um pouco de paixão, muitos erros, e mais sorte ainda. Estamos mais perto do lançamento do que nunca, e tem sido uma jornada incrível. Espero que o game seja a experiência que tinha em minha mente caso decida jogar. Um grande obrigado ao Playstation Blog e todos seus leitores pela oportunidade de um espaço aqui.

Por favor, informe a sua data de nascimento.