PlayStation.Blog BR

Horizon Zero Dawn Comemora Seu Segundo Aniversário, 10 Milhões de Cópias Vendidas Mundialmente

0 0
Horizon Zero Dawn Comemora Seu Segundo Aniversário, 10 Milhões de Cópias Vendidas Mundialmente

Aprenda detalhes menos conhecidos do desenvolvimento de Horizon Zero Dawn diretamente da Guerrilla.

É difícil acreditar que dois anos inteiros se passaram desde o lançamento de Horizon Zero Dawn. Quando o jogo saiu no dia 8 de fevereiro, estava na GDC, com o grupo de colegas da Guerrilla e Shuhei Yoshida. No início, o feedback que recebemos nos dizia que tínhamos algo especial em mãos, mas nunca suspeitamos que ainda estaríamos recebendo mensagens de agradecimento diariamente dos nossos fãs em 2019.

Entretanto, cá estamos. No dia 10 de fevereiro de 2019, passamos da marca dos 10 milhões de cópias vendidas mundialmente; só de pensar que conseguimos levar a jornada de Aloy para tantos jogadores é incrível. Estamos comovidos pela enorme quantidade de criações dos fãs que já foram postadas online, além das cartas e mensagens compartilhando seus momentos favoritos da jornada de Aloy.


Cosplay por Keyvei (foto: Rina_Nerina)


Cosplay por EvilCleverDog (foto: dtjaaaam)


Fan art por CritterOfHabit


Fan art por Maggie Rose


Escultura por SteppedOnABrick

Para comemorar esses marcos, gostaria de compartilhar algo também: uma lista de detalhes do desenvolvimento de Horizon Zero Dawn que talvez não conheçam. Alguns dos itens foram necessários, outros, pura sorte — mas cada um se provou importante para criar o jogo final.

Programa Piloto

Os protótipos dos elementos de jogabilidade de Horizon Zero Dawn começaram a ser criados em 2010, numa época em que a maioria do estúdio ainda estava dando os toques finais em Killzone 3. Nos mais antigos, a equipe ainda nem tinha um modelo dentro do jogo para Aloy, já que ela ainda estava sendo desenvolvida. Em vez disso usaram o modelo de Jammer, o piloto Intruder de Killzone 3.

Tudo no Rosto

Foi bem difícil encontrar um modelo de rosto certo para Aloy — até que o nosso Diretor de Conversação Jochen Willemsen ficou bem doente. Enquanto se recuperava em casa, assistiu um filme estreando a atriz holandesa Hannah Hoekstra na TV, e imediatamente soubemos que seria o rosto de Aloy. Em minutos entramos em contato com o estúdio de TV, e o resto, como dizem, é história.

Raptor de Brinquedo

A primeira máquina que a equipe de desenvolvimento criou e terminou foi o Thunderjaw, uma monstruosidade feroz, parecida com um Tiranossauro. Entretanto, durante a fase de jogabilidade do protótipo, o Thunderjaw parecia mais um brinquedo de criança feito de plástico colorido. Cada “bloco” de plástico representava uma parte diferente da máquina que podia ser alvo de tiros.

Easter Egg

Uma máquina inicial teve seu protótipo colocado apenas como um holograma estilo ‘easter egg’ em outro de nossos jogos, Killzone Shadow Fall, que saiu em 2013. Chamado de Predator, esta máquina acabou não entrando em Horizon Zero Dawn. Entretanto, vários de seus padrões de comportamento foram usados para criar o perigoso Sawtooth.

Ei Walla Walla

Um pouco do ‘walla’ (o som que imita os murmúrios de uma multidão ao fundo) gravado pela equipe de Áudio consiste dos desenvolvedores da Guerrilla falando abobrinha. Embora algumas dessas gravações eram temporárias, mas ficaram tão boas que nossos Designers de Som decidiram mantê-las na versão final do jogo.

Nasce uma Estrela

As falas — ou melhor, os barulhinhos — da bebê Aloy, foram feitos por um bebê de verdade: a filha de três meses do Supervisor Musical/Designer de Som Lucas van Tol, aqui da Guerrilla. Sua performance foi gravada num período de quatro dias, do conforto de casa, onde seu pai montou uma área de gravação perto de seu berço.

Todos os Instrumentos

Os compositores de Horizon Zero Dawn foram convidados até o estúdio da Guerrilla para ‘tocar’ usando representações fiéis dos instrumentos tribais vistos no jogo. As animações resultantes podem ser vistas em vários pontos do mundo de Horizon Zero Dawn, como a performance da banda de três pessoas tocando em Meridian City.

Chihuahuatcher

Toda máquina em Horizon Zero Dawn possui centenas de son diferentes, do rangido dos membros mecânicos aos alarmes quando uma ameaça é encontrada. Os Designers de Som misturaram sons de animais para dar a cada máquina uma personalidade diferente; os sons que o Watcher faz, por exemplo, contém latidos de chihuahua para marcar sua natureza fofa e feroz.

Ponto de Vista Aéreo

O Supervisor Musical/Designer de Som Lucas van Tol pesquisou sons de mais de 750 pássaros. Desses, apenas 30 chegam a fazer parte de Horizon Zero Dawn; foi um trabalho exaustivo escolher os pássaros que naturalmente apareceriam em Horizon Zero Dawn. Alguns fazem sons diferentes dependendo da hora do dia, assim como dependendo de sua localização, altitude e do tempo.

Espero que tenham gostado desses detalhes, e que continuem a aproveitar o mundo de Horizon Zero Dawn. Em nome de todos aqui dos estúdios Guerrilla em Amsterdã, gostaria de agradecer a todos vocês por fazer esses anos passarem tão rápido.

Please Enter Your Birth Date

This content can be viewed only by people who meet the minimum age requirement.