Driveclub

Dec 06

Dec 06

Sniper Elite 4: Por Dentro da Campanha Italiana

Colin Harvey's Avatar Postado por Narrative Designer, Sniper Elite 4

Olá, fãs de Sniper Elite! Meu nome é Colin e eu sou o Narrative Designer de Sniper Elite 4, que será lançado daqui dois meses — falta muito pouco.

Foi um prazer trabalhar neste jogo. Temos uma ótima equipe desenvolvendo uma série única e fãs muito leais. Mas para mim a ambientação é o que mais chama a atenção.

Hoje lançamos o primeiro de uma série de briefings especiais da SOE Intel, mostrando por que a Itália de 1943 foi um palco tão interessante para a Segunda Guerra Mundial. A campanha italiana oferece uma miríade de histórias de heroísmo, sacrifício, subterfúgios e intrigas para atrair os jogadores, com várias facções lutando para sobreviver em um país sob o domínio fascista. Se você quer mais detalhes sobre o que esperar da incursão do agente secreto Karl Fairburne no Mediterrâneo, assista ao vídeo abaixo.

Quer mais? Que tal então imaginarmos o seguinte cenário?

O ano é 1943. Franklin D. Roosevelt e Winston Churchill se encontram em Casablanca para discutir o próximo passo dos Aliados. Os norte-americanos preferem seguir pelo canal, por entre a França, para atacar as áreas industriais da Alemanha. Por outro lado, Churchill argumenta que uma invasão na Itália permitirá que os Aliados ataquem o ponto fraco dos nazistas e aliviem o lado do Exército Vermelho no Oriente. A vontade de Churchill prevalece.

Este é aí que começa Sniper Elite 4. Antes da planejada invasão da Itália, os Aliados recebem informações sobre a última wunderwaffe de Hitler (arma especial) e despacham o tenente Karl Fairburne a uma isolada ilha italiana para investigar sobre isso. As missões subsequentes o levam de uma bela aldeia costeira no continente italiano para uma vasta região de floresta verdejante que rodeia um viaduto. E, claro, criamos o jogo para que você possa percorrer todo o cenário espetacular. Escolha escalar até um ponto de observação perfeito de onde você possa aniquilar seus adversários, ou procurar um túnel secreto para permitir um ataque surpresa, ou o que for preciso para completar a sua missão.

Com mapas pelo menos três vezes maiores que os de Sniper Elite 3, existem muitas opções disponíveis para que você possa se divertir de montão. Muitos dos impressionantes ambientes de Sniper Elite 4 são baseados em locais reais e eventos de guerra reais.

Na verdade, as histórias de vida real da Segunda Guerra Mundial sempre inspiraram a série Sniper Elite, desde a ciência nuclear do original, a foguetes V2 e o imponente tanque Ratte em Sniper Elite 3. Sniper Elite 4 é também inspirado por histórias da vida real. Mas como o escopo e a escala de Sniper Elite 4 é muito maior, conseguimos aprofundar e expandir a narrativa de Karl e as histórias daqueles que ele encontra em seu caminho. E a Itália 1943 é o cenário perfeito para essa narrativa.

Em Sniper Elite 4, Karl entra em um país que esteve sob o jugo do fascismo de Mussolini por mais de duas décadas. A oposição política ao regime foi aniquilada já no início ou fugiu para o exterior. Agora, porém, o descontentamento está crescendo cada vez mais. A população tem se cansado da guerra e de numerosas derrotas militares. A fome é generalizada, doenças como a tifo estão atingindo cada vez mais pessoas, e a campanha de bombardeio dos Aliados continua inabalável. As greves no Norte paralisaram temporariamente a produção de guerra e a agitação civil começa a se levantar. E em meio a tudo isso, os nazistas de Hitler permanecem como os “honrados convidados” de Mussolini.

Operando à frente do avanço dos Aliados, Karl deve neutralizar alguns alvos-chave, realizando missões para o Executivo de Operações Especiais (SOE) britânico, o Escritório Americano de Serviços Estratégicos (OSS) e a Resistência Italiana. Além de entrar em contato com operários aliados e combatentes partidários, ele encontrará tropas italianas, soldados da Brigada Negra Fascista, e até a Máfia — sem mencionar hordas de tropas nazistas. Os indivíduos nessas facções têm suas próprias histórias e objetivos.

Mas como Sniper Elite sempre foi focado na escolha dos jogadores, cabe a você decidir o quanto quer mergulhar nessas histórias. Antes de seguir com sua missão, você pode escolher conversar com indivíduos de algumas das facções, ou simplesmente partir para a ação. Uma abordagem furtiva para sua missão pode permitir que você escute conversas úteis taticamente, ou você pode usar binóculos para acessar informações dos Aliados ou de tropas individuais.

Fazer uma busca em um corpo pode te dar munição ou um kit médico, mas também pode te dar um documento que contém informações táticas ou talvez um fragmento de uma história (e às vezes ambos). Outros documentos estão espalhados pelo cenário, alguns contando histórias autônomas, outros elaborando as narrativas dos personagens principais. Informações como essas podem afetar se você opta por lutar ao lado da resistência – ou se você usa a distração que eles estiverem oferecendo para ir direto ao seu objetivo. É você quem decide.

Fique ligado para mais vídeos nas próximas semanas! Para aqueles ansiosos para saber mais, os vídeos mostrarão o contexto histórico da última missão de Karl, além de também mostrar algumas ideias de escolha para a história. Naturalmente, essa é apenas a ponta do iceberg… temos muito mais para mostrar antes do lançamento em 14 de fevereiro de 2017!

Quase hora de recarregar…

Comente também

Thiwander said:

dezembro 6th, 8:24 am

FÃS de sniper elite ???kkkkkkkkkkkkk faca-me o favor….que jogo lixo!

DaniloAuditore3 said:

dezembro 8th, 4:03 am

game parece interessante, mais nunca tive a oportunidade de jogar nenhum da serie.

Os comentários estão encerrados. Os comentários são desabilitados para posts com mais de 30 dias.

PlayStation Blog