PlayStation.Blog BR

O Caminho Até The Last Guardian: Uma Retrospectiva

2 0
O Caminho Até The Last Guardian: Uma Retrospectiva

Conforme o muito aguardado lançamento de The Last Guardian finalmente se aproxima (sim, é um jogo de verdade e você está a meras semanas de poder jogá-lo!), nós estamos ouvindo mais e mais da comunidade a respeito de como o trabalho do designer Fumito Ueda os tocou.

Ico e Shadow of Colossus parecem ter um lugar especial no coração dos fãs, embora as razões para isso variem dependendo de com quem você conversa. Nós achamos que seria uma homenagem adequada a uma espera de quase dez anos celebrar o legado que precede The Last Guardian, compartilhada em pensamentos e memórias das pessoas da indústria (gamers, como você). Também é uma bela desculpa para que nós lancemos formalmente nosso vídeo de tributo que os participantes da Tokyo Game Show viram no mês passado:

O que Ico e Shadow of the Colossus significam pra você? Você tem uma recordação favorita com algum deles? Por favor, compartilhe nos comentários!

“Ico foi o primeiro jogo em que eu realmente me importei com um personagem de IA, Yorda. Não havia conversas que eu pudesse entender entre os personagens, apenas o comportamento de Yorda em relação àquilo que eu fazia ou a situação presente, que me fazia sentir como se Yorda fosse uma pessoa de verdade – pensando e sentindo como um indivíduo. Isso fez com que jogar Ico fosse uma experiência muito especial – como se eu vivesse a aventura com ela.”

“Eu acredito, como fã dos jogos de Ueda-san, que as pessoas sentem que seu trabalho é especial porque você sente claramente que o jogo era – do início ao fim – uma visão singular, sem qualquer influência de gêneros e estilos populares da época.”
– Shuhei Yoshida (President of SIE Worldwide Studios)

Ico and Shadow of the Colossus Collection

“A Team Ico cria obras-primas atemporais que me lembram de um antigo e amado livro ilustrado ou um conto de fadas. Eu sou um grande fã de suas animações fantásticas.”

“Nós da Team Ninja também nos esforçamos muito para criar uma ação suave por muito tempo. Eu sinto emoção calorosa e verdadeira nas animações sofisticadas de Ueda-san.”
-Fumihiko Yasuda (Director, Team Ninja)

“Quando eu joguei Ico pela primeira vez eu fiquei impressionado por como ele transmitia bem escala e isolamento. O jogo realmente te faz sentir como se você estivesse abandonado à própria sorte e um mundo enorme e indiferente – não há exércitos vindo te ajudar, nem pousadas onde buscar refúgio entre capítulos. É apenas você e Yorda, uma garota sobre a qual você não sabe nada e cuja língua você não entende, tentando escapar de um castelo antigo e amplo.”

“Aquela atmosfera de desolação faz certas formas de interação ainda mais significativas. O que eu mais gosto em Ico é a forma como você salva seu jogo: você senta em um banco com Yorda e dá uma descansada de todos os saltos e escaladas. É um momento muito tocante que permite que você reflita sobre tudo o que vocês dois passaram e estreite seus laços.”

“Em Shadow of the Colossus, a sensação de que você está enfrentando probabilidades impossíveis é ainda mais forte por conta da presença constante dos colossos. A primeira vez que eu escalei e derrubei um colosso foi um momento de pura emoção; Eu nunca havia enfrentado uma criatura tão maior do que eu mesmo em um jogo, muito menos derrotado uma. É um daqueles momentos definitivos nos jogos, e eu acho que é justo dizer que os confrontos entre Aloy e as máquinas em Horizon Zero Dawn devem muito a Shadow of the Colossus.”

“Eu acho que os jogos de Ueda-san contam histórias agridoces e humanas que tocam em emoções universais. São trabalhos de arte minimalistas executados com foco de laser de ponta a ponta – de mecânicas centrais à história. Junto com a habilidade que fica evidente nos visuais, nas animações e na músic, é fácil ver por que eles são clássicos atemporais.”
-Hermen Hulst (Managing Director, Guerrilla Games)

ICO and Shadow of the Colossus Collection: Bonus Content, Trophies Revealed

“O que eu gosto mais nos jogos da Team Ico é senso poético e o estilo de contar histórias deles. Eles contam histórias diferentes sem nenhum diálogo e o jogador ainda assim tem uma noção clara da história, quem os personagens são e facilmente se se liga emocionalmente a eles.”

“O garotinho com chifres em Ico é um exemplo muito bom de um personagem intrigante criado por meios muito simples. O senso de como contar uma história de Ueda-san é elegante e sutil, e fala diretamente ao coração dos jogadores, o que é difícil de fazer. O senso poético dele é algo que poucos jogos oferecem.”

“Eu tenho muitos momentos favoritos nos jogos da Team Ico. Em particular, eu adoro os finais de ambos os jogos (não vou estragar nada aqui). Eu me lembro de estar em frente à TV absolutamente embasbacado com aqueles finais, tão inteligentes, comoventes, surpreendentes e, ao mesmo tempo, exatos. Mas ambos os jogos são cheios desses momentos incríveis, da descoberta do seu cavalo àquele sentimento incrível de escalar um gigante. Esses jogos te transformam numa criança de novo, e isso é um milagre em si mesmo.”

Pouquíssimos criadores têm essa habilidade que faz com que tudo que eles tocam se torne distinto e especial. Ueda-san definitivamente é um deles. Seu trabalho é edificante de tantas formas e ainda hoje é uma fonte de inspiração.”
-David Cage (Director, Quantic Dream)

“Eu mal posso esperar para sentar no meu sofá com as luzes apagadas e esse jogo começando na minha tela. Ico este entre minhas principais experiências com games – tão gentil e ainda assim, tão imperdoável, tão bonito e ainda assim tão lúgubre! Eu amo as fantasias que eles criaram e eu mal posso esperar para ver que metáforas/emoções essa história sobre rito de passagem explora. É muito difícil acertar isso. Basicamente, eu mal posso esperar por tudo.”

“A Team Ico nos trouxe experiências incrivelmente belas de ritos de passagem e por isso eu sou muito grato. Eu fico feliz de que alguns deles permaneceram juntos para nos trazer The Last Guardian e com Ueda-san capitaneando isso, eu tenho certeza de que um grande presente nos aguarda! Eu sei que no primeiro dia eu estarei no meu sofá escapando do mundo real e submergindo no deles. Eu posso apenas imaginar os sentimentos da própria equipe por finalmente lançar o jogo após todo o tempo e esforço que eles colocaram nele, e então eu desejo a eles tudo de melhor e espero que eles comemorem muito.”
-Siobhan Reddy (Director, Media Molecule)

“Anos depois de jogar pela primeira vez, o impacto emocional de Ico puxando o braço de Yorda ainda ressoa em mim. A mecânica de segurar a mão parece enganosamente simples, mas foi claramente construída com carinho e atenção aos detalhes. Por meio da interatividade, um laço profundo é criado entre os dois personagens de uma forma que é única dos jogos. É uma de muitas escolhas visionárias que fazem de Ico um clássico e uma verdadeira aula de design e de como contar histórias.”
-Neil Druckman (Naughty Dog)

Comments are closed.

2 Comments

  • LeonardoVizeu

    Shadow of the colossus foi um dos jogos mais incríveis que já joguei em toda minha vida, o primeiro contato com o jogo foi aquele turbilhão de emoções, a cada colosso derrotado, mais expectativa foi sendo criada, não sei bem quanto tempo dediquei jogando esse jogo, mas eu queria muito a versão renascer de PS3 pra PS4! Ou então um remake! Nossa, seria maravilhoso, eu sinto muitas saudades de jogar esse jogo, e parando pra pensar, incrível o vínculo que criei com o cavalo, pelo simples motivo de ficar gritando o nome dele: agro, agro, agro xD

  • MarcioLuisBRA

    Meu Deus…
    Aguardo ansiosamente esse game, desde o seu anúncio, séculos atrás!

Please enter your date of birth.