PlayStation.Blog BR

Dear Esther: Landmark Edition Chega Hoje ao PS4

2 0
Dear Esther: Landmark Edition Chega Hoje ao PS4

Olá, pessoal, eu sou o Dan Pinchbeck da The Chinese Room. Você já deve ter ouvido falar da gente quando lançamos, no ano passado, Everybody’s Gone To The Rapture para o PS4. Rapture contou a história de como um evento apocalíptico afetou apenas uma pequena vila na Inglaterra, mas também a vida de pessoas normais pegas de surpresa nesse evento extraordinário. Quatro anos antes de Rapture, lançamos Dear Esther, um jogo que teria, no futuro, um grande impacto na forma como desenvolvemos nossos jogos.

Dear Esther: Landmark Edition Chega Hoje ao PS4

Este história de uma ilha escocesa desolada começou como um mod de Half-Life 2 antes do lançamento comercial da versão pra PC em 2012. Desde então Dear Esther se tornou um título seminal para alguns jogadores e ajudou a lançar a onda de jogos ao melhor estilo “walking simulator”. Nossa intenção era trazer o jogo para uma nova casa, aqui no PlayStation, com novas funcionalidades para os jogadores de console. Criamos Dear Esther: Landmark Edition. Na Landmark Edition a ilha foi remasterizada em Unity com comentários do diretor e ainda inclui troféus, que são bastante importantes também.

Uma pergunta que sempre me perguntam é: “O que realmente é Dear Esther?” É difícil descrever a história de Dear Esther simplesmente. É sobre amor, perda e redenção; sobre um acidente de carro, um eremita e uma ilha que pode ser real ou apenas um sonho. Porque cada fragmento da história é selecionado aleatoriamente, a cada jogada oferece novos insights, mas levanta mais questões. Os lugares remotos que você vai explorar não pode ser ameaçador, mas eles estão assombrados, no entanto. Você vai ouvir uma voz fragmentos de cartas ler como você se arrisca através das falésias varridas pelo vento, você verá formas na distância que vai estar lá em um momento e passou a próxima. O significado de tudo isso é para você descobrir através de sinais e símbolos espalhados por toda a ilha. É uma narrativa não-linear que é deixado aberto para que possa pensar e interpretar o seu próprio caminho.

Para nós, Dear Esther era um projeto com o objetivo de explorar limites do que um shooter em primeira pessoa poderia ser, com inspirações de Doom e System Shock. Sou um grande fã desses dois títulos em particular, eles são precisos, eles exploram a filosofia de design e os ganchos da história de forma extremamente correta. Esse era o nosso objetivo principal com Dear Esther – tentar criar algo no mesmo espaço dos shooters. Nossa intenção era que fosse tão preciso e envolvente quanto os títulos que citamos, mesmo que não tivesse armas. É essa mesma filosofia que quisemos imprimir em Everybody’s Gone To The Rapture.

Retomar Dear Esther tem sido uma experiência meio surreal. Como desenvolvedores, ficamos tão focados em finalizar e lançar nossos jogos atuais que acabamos sem tempo para pensar sobre os nossos trabalhos passados, e quando fazemos é geralmente apenas para lembrar sobre problemas que possam surgir após o lançamento. Dito isso, tem sido uma alegria revisitar Dear Esther e estamos realmente orgulhosos do que produzimos; é maravilhoso ver como o game influenciou o que temos criado desde então. Estamos realmente satisfeitos por ter trazido Dear Esther: Landmark Edition para o PS4. Esperamos que faça você pensar sobre as oportunidades criativas que se encontram fora das regras estabelecidas de ‘gêneros’ nos jogos atuais. Mas o mais importante – esperamos que você curta a experiência.

Obrigado pela atenção,

Dan

Os comentários estão fechados.

2 Comentários

  • Algo que faz MUITA falta pra mim tanto aqui no blog como na PSN e PSN Store é dizer em quais idiomas o jogo está, tanto para dublagem quanto para legendas.

  • Muito bom! Estava esperando a verão de consoles para conferir a história do jogo. Parece ser bem contemplativo e baseado em contar uma história, como Gone Home.
    Espero que saia num preço legal!

Por favor, informe a sua data de nascimento.