Como a Copa do Mundo influenciou o FIFA 15 no PS4

4 0
Como a Copa do Mundo influenciou o FIFA 15 no PS4

“Nós antecipamos o campeão da Copa do Mundo do Brasil com a nossa simulação.” É uma alegação nobre a se fazer, mas Nick Channon, Produtor Sênior do FIFA 15 da EA Sports, não seria leviano.

“Nós fazemos uma simulação todos os anos e, realmente, antes da competição vencemos com a Alemanha. Não tenho certeza que muitas pessoas concordaram com a gente. Muitas pessoas estavam dizendo que a Argentina e o Brasil eram os favoritos.”

Conversando com Nick nos bastidores da Gamescom deste ano, a conversa voltava inevitavelmente ao espetáculo do futebol do meio do ano no Brasil e sem nenhuma surpresa fica claro que o torneio teve um impacto sobre a forma final que o jogo está tomando. Uma área especial – o goleiro – recebeu atenção especial assim que a competição terminou.

“Para muitos, a posição de destaque na Copa do Mundo foi o goleiro”, explica Nick.

“Tim Howard, dos EUA, teve o recorde de defesas em um jogo. Isso foi uma coisa que ninguém esperava – isso mostra como os goleiros da Copa do Mundo entraram para história. Na maioria das Copas anteriores, você viu um atacante entrando na história ou dois que vão ganhar a Chuteira de Ouro. Este ano, o sentimento é muito mais de os goleiros roubando a cena.”

Nick nos explicou como os goleiros muitas vezes não recebem a devida atenção em muitos jogos de futebol – e que isso não aconteceria no FIFA 15.

“Nós trabalhamos com goleiros por dois anos – é uma posição muito complexa tanto na vida real como no FIFA 15. Queríamos oferecer algo que fosse bem diferente.”

A chave para reformar o jeito com que os goleiros reagem no jogo foi a potência que o PS4 oferece.

“Antes, se quiséssemos adicionar mais animações nos goleiros, era necessário ter mais memória. O que temos agora com PS4 é um sistema onde os goleiros estão pensando com mais frequência, então, obviamente, eles são mais inteligentes.”

Como acontece agora durante as partidas?

“Anteriormente, um goleiro iria tomar uma decisão e executava, porque ele não tinha o poder de processamento para analisar constantemente o dinamismo das coisas. Se aconteceu um cruzamento, o goleiro decide sair do gol para agarrar a bola, mesmo se naquela fração de segundo fosse melhor sair de soco. Às vezes, você o xingava um pouco, porque você se questionava algumas atitudes dele. Agora, o goleiro vai tomar as decisões em tempo real, dependendo da situação.”

“Nós podemos agora fazer animações em qualquer ponto.  Antigamente, se a bola estivesse indo para o canto superior esquerdo do gol, mas tivesse algum desvio no meio do caminho, o goleiro pularia no canto superior esquerdo. Agora, você vai ver o goleiro tentando pular para o outro lado. Estas são algumas coisas que podemos fazer com o poder da nova geração de consoles.”

Os comentários estão fechados.

4 Comentários

Por favor, informe a sua data de nascimento.