PlayStation.Blog BR

Naught: um desafio à gravidade que chega para PS4 em 31 de julho

0 0
Naught: um desafio à gravidade que chega para PS4 em 31 de julho

Um labirinto subterrâneo onde você presencia a luta entre a luz e as sombras.

Olá! Me chamo Irene e, assim como todos da equipe WildSphere, estou feliz em anunciar que Naught chega para PS4 nesta sexta. Sempre quisemos ver Naught nos consoles. E finalmente o momento está chegando! Não podíamos estar mais animados!.

Naught é um jogo que une mecânicas originais com um estilo visual minimalista, misturando luzes e sombras, com um pouco de cor. É um game que desafia as suas habilidades e sua mente. Você irá mergulhar em labirintos que seguem em todas as direções, onde a única saída e desafiar a gravidade e virar tudo de ponta cabeça.

Sem os limites da gravidade

A origem da jogabilidade de Naught é um personagem que não seria limitado pelo chão, e que pudesse ir em qualquer direção. Além disso, queremos um game bem fluido e ágil. Meu colega, Miguel Diaz, é um enorme fã de Sonic e não pudemos evitar de nos inspirar pela velocidade, voltas e tudo mais do personagem.

As primeiras versões de Naught, como personagem, foram mais lentas e rígidas, mas conforme o conceito evoluiu nos diferentes protótipos e o controle do game ficou mais orgânico, com movimentos mais fluidos. Outra característica importante é que ele não possui nenhum poder ofensivo; ele não ataca, apenas desliza pelos perigos e inimigos, então o controle tem que permitir tais movimentos. 

Vire tudo de ponta cabeça

Quando começamos a criar os controles e o que seria a maneira mais natural de fazer Naught se mover no ambiente, alguns de nós não podemos parar de pensar em usar os botões para rodar o mundo para um lado ou outro. Entretanto, também foi natural usar os direcionais analógicos para rodar o mundo. Então, achamos que talvez os jogadores gostariam de ter as duas opções, e colocamos até um truque para usar ambos os métodos para ter uma rotação mais precisa, útil em algumas das fases. Em alguns lugares, você também pode fazer uma curva de 180º, então colocamos também um botão para isso, facilitando a jogabilidade. Até você ter que se acostumar com tudo de ponta cabeça!

Dinamismo e variedade 

Os controles do game são bem simples, mas a chave — onde tudo fica viciante — são as fases em si e como elas o desafiam. A primeira coisa a fazer é esquecer sobre teto e chão, e aproveitar as mudanças na gravidade. Algumas fases podem ser completadas sem sequer tocar no chão.  

Há todo tipo de fase: algumas são mais relaxantes e envolvem mais exploração para encontrar os três diamantes escondidos em toda fase; outras são mais tensas e o manterão fugindo das sombras; já outras testarão suas habilidades, como algumas onde você pode cair em paredes cheias de espinhos, ou evitar perigos que aparecem em todo lugar. 

Há fases onde o protagonista é o Spirit of the Tree, com um formato de olho, que pode passar por túneis estreitos e labirintos clássicos.  

Uma história emocionante como pano de fundo

O nome do jogo, e do personagem principal, está ligado à história. Naught quer dizer ‘nada’; ele não existe. É uma alma, despertado de seu repouso por um espírito que o transforma em algo parcialmente do mal. A história narra sua luta contra as sombras, e a maneira com que Naught às derrota é ligada às emoções de Irish, companheira de Naught em vida, e sua luta interna entre a luz e as sombras. 

Os desafios do desenvolvimento

O jogo realmente foi um desafio, já que queríamos que ficasse diferente das versões para dispositivos móveis, orientado para consoles, e que ficasse ainda mais divertido nessas plataformas, sem perder o que o torna único. Então decidimos fazer um reboot total, refizemos toda a arte, além dos controles e do comportamento do personagem. O ponto inicial para o novo visual não foi o Naught original, e sim mais o Naught Reawakening e a evolução do conceito desde então.

O desenvolvimento também foi atípico devido à situação mundial atual. Tivemos que empurrar o lançamento já que a pandemia nos pegou de surpresa aqui na Espanha, não estávamos completamente preparados. Naught também nos ajudou a mudar a fundo a maneira como trabalhamos aqui no estúdio. Como muitas outras equipes agora, finalizamos o desenvolvimento de cada, grudados no nossos headphones.

Mas achamos que o esforço foi válido e esperamos que realmente curtam Naught. Queremos trazer mais surpresas para vocês em breve! Naught é um dos nossos projetos mais queridos, se não o mais querido, e adoraríamos continuar a trabalhar nele, evoluir ainda mais e criar novas experiências para esta saga. 

Esperamos que curtam!

Participe da Conversa

Adicionar Comentário

Mas não seja mala!

Por favor, seja gentil, atencioso e construtivo. Para outros tópicos, dirija-se aos nossos Fóruns.

Deixe uma resposta

Por favor, informe a sua data de nascimento.