PlayStation.Blog BR

A História Completa Por Trás de Nier: Automata para PS4

4 0
A História Completa Por Trás de Nier: Automata para PS4

Mais cedo nesse ano, na E3, nós revelamos um novo jogo da franquia Nier que vai chegar exclusivamente ao PS4 em 2016. Hoje, temos orgulho de anunciar não só o título oficial do jogo, mas também as primeiras imagens de gameplay!

NieR: Automata

Eu tenho certeza de que vocês têm muitas perguntas sobre Nier: Automata, então vamos atualizar vocês sobre tudo.

O que é Nier: Automata?

O jogo Nier original é um RPG de ação bem singular que tocou muitos gamers apaixonados quando ele saiu há cinco anos. A história gira em torno do protagonista Nier e sua busca para uma cura para sua filha, que está infectada com o vírus Black Scrawl, uma doença aparentemente incurável.

Até hoje, jogadores pelo mundo todo ainda falam com carinho sobre Nier e a trilha sonora e o livro de design do jogo ainda vendem, então claramente há algo especial sobre ele. Se você não jogou o Nier original, tente achar uma cópia, porque ele tem um dos elencos, história e música mais mais memoráveis dos tempos recentes.

A História Completa Por Trás de Nier: Automata para PS4

Nier: Automata é o próximo jogo da franquia Nier, e é uma colaboração entre a Square Enix e a PlatinumGames. Você provavelmente poderá reconhecer elementos de gameplay do Nier original também. Ainda é um RPG de ação, então não se preocupe se você quiser mais mecânicas de RPG no jogo: elas ainda estão lá!

Qual é a História em Nier: Automata?

A Terra foi repentinamente invadida por seres de outro planeta e formas de vida mecânicas com um poder devastador foram usadas como armas de guerra, o que forçou a raça humana a fugir para a Lua. Para tomar a Terra de volta, uma força de resistência formada por guerreiros andróides foi criada pela humanidade para combater os invasores.

O mundo que você vê em Nier: Automata é um onde andróides e armas mecânicas se degladiam em combates ferozes em um descampado árido e desértico. Isso se passa depois do jogo original, mas a história é escrita de forma que você não precisa ter jogado o primeiro.

NieR: Automata

Porém, o mundo/universo ainda está ligado entre os dois jogos Nier, então se você tiver jogado o original você vai reconhecer alguns locais e personagens que podem ou não estar de volta. Os locais em particular vão parecer diferentes já que agora eles são ruínas após a invasão alienígena, mas também haverá áreas em que você terá a impressão de haver uma civilização muito avançada.

Mas a maior parte da história ainda está envolta em mistério, então há muito para buscar e descobrir.

Quem é a Personagem Feminina no Trailer de Gameplay?

Ela não é feminina de verdade, ou talvez seja mais correto dizer que ela não é humana de verdade. O nome dela ou seu número de série é 2B e ela é um andróide. No mundo de Nier, há regras estritas, o que significa que esse tipo de andróide não pode ter emoções. Entretanto, cada modelo diferente tem suas próprias peculiaridades e características e 2B tem uma personalidade fria e equilibrada.

Fãs e leitores atentos podem ter notado que no final do trailer de anúncio da E3 havia três palavras que apareceram — “doll”, “human” e “machine”, então havia dicas desde o começo…

Quem Está por Trás de Nier: Automata?

Fãs do Nier original vão ficar felizes de saber que todos os membros-chave da equipe criativa estão de volta para Nier: Automata! Abaixo temos uma lista que quem é quem na equipe.

Yoko Taro (Diretor Criativo) & Yosuke Saito (Produtor)
Eu não acho que seria um jogo Nier de verdade se Yoko Taro e Yosuke Saito não estivessem envolvidos! Eles são o duo original por trás do primeiro Nier.

Keiichi Okabe (Compositor)

Keiichi Okabe foi o compositor do primeiro Nier e a música é uma parte tão essencial do jogo. Ela realmente ajudou a formatar a identidade dos jogos, então era realmente importante que a equipe trouxesse Keiichi Okabe para Nier: Automata.

NieR: Automata

NieR: AutomataNieR: Automata

Akihiko Yoshida (Designer de Personagem)
Akihiko Yoshida trabalhou em muitos jogos monumentais da Square Enix, como Final Fantasy XII, Final Fantasy XIV, Final Fantasy Tactics e Vagrant Story, entre outros.

Yosuke Saito na verdade sugeriu Akihiko Yoshida como designer de personagem para Nier: Automata como uma ideia louca, achando que ele diria não. Yoko Taro também é um grande fã de seu trabalho e por sorte o CEO da companhia em que o senhor Yoshida trabalha é um fã hardcore de Nier, então isso realmente ajudou a trazê-lo para Nier: Automata!

PlatinumGames (Desenvolvedora)

É claro, eu tenho que fazer uma menção especial à equipe da PlatinumGames que está desenvolvendo o jogo! Você provavelmente já sabe quem eles são, mas eles são responsáveis por games incríveis como Vanquish e MEtal Gear Rising: Revengeance. Yoko Taro os descreve como “jovens realmente talentosos” e no que diz respeito a gameplay de ação, eles tem nível mundial, então é realmente empolgante ver as contribuições deles para o jogo.

Yoko Taro também se mudou para Osaka para esse projeto e praticamente mora no estúdio da PlatinumGames, que fica há 400 Km de sua casa de verdade. Tudo pela grandeza de Nier: Automata!

Então isso é uma breve introdução a Nier: Automata! Eu espero que vocês curtam o que viram até agora. Ainda há muito a mostrar e sobre o que falar, então fiquem de olho para novidades no futuro.

Comments are closed.

4 Comments

  • otaviomodolo

    O maior erro da Square com esse jogo foi a troca de alguns personagens por uns que teriam, supostamente, maior apelo ao publico ocidental. Grande erro! A graça dos jogos japoneses é eles serem… japoneses!

    Só pra levantar a maior diferença: na versão japonesa near é um jovem japonês e não um velho musculoso. E a menina que ele tenta salvar é sua irmã e não sua filha! Na boa… QUE CAGADA!!!

    • Caramba, é sério mesmo que teve essa mudança no jogo da versão Japonesa para a americana? Não sabia disso. Que mancada da S-E por fazer isso, heim.

    • Para começar Nier Replicant é um, Nier Gestalt é outro, não houve troca alguma de personagens, são duas opções do mesmo jogo no Japão. A diferença que no Ocidente só veio Gestalt, provavelmente pelo apelo emocional. Só muda a relação irmão e irmã de Replicant para pai e filha, em minha opinião muito mais emocionante. O jogo é o mesmo, a história é a mesma, é uma questão de se identificar com os personagens apenas. De resto frescura.

  • rafaplastina

    So falta a Square ter a minima noção de trazer pelo menos legendas em seus jogos.

Please enter your date of birth.