PlayStation.Blog BR

Vencedores: Prêmio Jogo do Ano 2014 do PlayStation.Blog por Sid Shuman

4 0
Vencedores: Prêmio Jogo do Ano 2014 do PlayStation.Blog  por Sid Shuman

PlayStation.Blog: Game of the Year 2014

Em primeiro lugar, muito obrigado. Com quase 400.000 votos de usuários enviados até agora, o Prêmio Jogo do Ano deste ano do PlayStation.Blog foi sem sombra de dúvida o nosso maior e mais ativo até hoje. Obrigado por nos dizerem o que pensam e apoiar seus jogos preferidos de 2014.

Mas chega de conversa. Leia a lista completa de vencedores e outros premiados, além de algumas Escolhas dos Editores de alguns de seus amigos aqui em PlayStation. Até o próximo ano!

Melhor jogo de PS4

Uma disputa apertada, com Dragon Age Inquisition assumindo a liderança no começo com o voto da comunidade até que o jogo de tiro de ficção científica Destiny da Bungie tomou a dianteira rumo ao prêmio Platinum. Menções honrosas para Middle-earth: Shadow of Mordor e Call of Duty: Advanced Warfare, que contaram com imenso suporte.

.

Destiny Dragon Age Inquisition inFAMOUS Second Son Far Cry 4

Escolhas dos Editores

Alien: Isolation

Sid Shuman,  PlayStation.Blog EUA

A Creative Assembly claramente criou a sua rede de horror e sobrevivência, provando serem capazes de criar uma sinistra e horripilante máquina seguindo a grande tradição do System Shock 2. Um destaque em 2014… se você tiver sangue frio o bastante.

Destiny

Justin Massongill, US PlayStation.Blog

A ambição por traz do épico espacial da Bungie foi igualada apenas pela vontade das equipes de desenvolvimento para alterar e definir seu universo com base no feedback de seus jogadores mais apaixonados. Quatro meses depois, continuo participando de invasões com meus amigos de todo o mundo.

inFAMOUS Second Son

Ryan Clements, US PlayStation.Blog

O combate em Second Son é fantástico, mas você poderia se divertir da mesma maneira apenas cruzando o mundo usando as habilidades de Delsin, pulando de alturas assustadoras. Experiência incrível do início ao fim.

Hohokum

Nick Suttner, PlayStation Developer Relations

Hohokum acertou em cheio ao explorar a curiosidade que reside no coração de todos os jogos, marchando brilhantemente por todos os lados de um sonho cheio de técnicas, cores e detalhes. Sinta-se uma criança, de voltas e se perca em um labirinto de descobertas e alegria, ou vire um adulto novamente com uma trilha sonora que não poderia ser melhor.

Far Cry 4

Fred Dutton, EU PlayStation.Blog

Como ter as ferias mais bagunçadas da sua vida, na minha opinião Far Cry 4 foi o jogo mais divertido que você poderia jogar em um videogame em 2014 e eu adorei cada minuto de loucura e golpes impensáveis dele. Não demorem com o conteúdo para download adicional.

Don’t Starve: Console Edition

Dan “Shoe” Hsu, PlayStation Developer Relations

Você sabe quando vê um excelente design de jogos quando você está tão assustado com a angústia da fome, quanto com os arrepios misteriosos rastejando pelas paisagens alienígenas do jogo de sobrevivência Don’t Starve. Impossível se cansar desse estilo de arte único, profundo e com constante tensão – apenas escrever isto me faz quere jogar novamente.

inFAMOUS Second Son

Felipe Covanzi, PlayStation.Blog BR

Sem dúvidas vai ficar marcado como um dos grandes jogos para PS4. A experiência de inFAMOUS é incrível tanto no modo herói, quanto infame. O jogo tem o visual muito bonito e a história bem envolvente. Outra qualidade é a localização em português, uma das melhores já feitas até agora.

PS-SymbolsPS-SymbolsPS-SymbolsPS-SymbolsPS-Symbols

Melhor jogo de PS3

Os RPGs dominaram a votação da categoria PS3, com Dark Souls II em uma dura luta com South Park: The Stick of Truth pelo prêmio Platinum. Menções Honrosas para FIFA 15 e The Walking Dead: Season Two.

Dark Souls II South Park: The Stick of Truth Destiny Far Cry 4

Escolhas dos Editores

South Park: The Stick of Truth

Sid Shuman, US PlayStation.Blog

Diante da missão impossível de complementar de forma fiel o lendário programa ao mesmo tempo em que buscava uma identidade própria positiva, surgiu um dos mais divertidos e subversivos títulos que eu joguei este ano em qualquer plataforma.

Dark Souls II

Justin Massongill, US PlayStation.Blog

Meu ponto de entrada à infame e implacável série Soul da From, Dark Souls II instiga um sentimento de preservação frente ao pavor e a ansiedade, mas que de alguma forma se recusou a me deixar ir embora antes de concluir o desafio. Verdadeiramente uma das mais gratificantes experiências de jogo do ano. Vamos nessa Bloodborne.

Sportsfriends

Nick Suttner, PlayStation Developer Relations

Ao mesmo tempo em que todos eles são muito diferentes, é fácil se acostumar com o design inspirado na comunidade e a hilária e muito bem acabada apresentação dos quatro (ou seriam 6?) jogos multiplayer local incluídos. Sportsfriends é o máximo de diversão que você terá com seus amigos e um PS3, este ano ou em qualquer outro.

Luftrausers

Dan “Shoe” Hsu, PlayStation Developer Relations

Eu amo o implacável tiroteio em 360 graus que sempre termina antes do que eu gostaria (Este é um jogo difícil), mas Laftrausers deixa você retornar imediatamente para a ação com novas peças que mudam drasticamente a forma como você derrotará a sua próxima rodada de inimigos. Muita diversão em um pacote tão pequeno.

FIFA 15

Felipe Covanzi, PlayStation.Blog BR

Aqui vai uma opinião muito pessoal. Quem é fã de futebol na “vida real”, geralmente também é fã nos consoles. Que eu me lembre, nunca enjoei de algum jogo de futebol, então não haveria como deixar FIFA 15 fora dessa lista.

Melhor para PS Vita

Votação disputada na categoria PS Vita até que RPG Child of Light da Ubisoft Montreal garantiu o Platinum, roubando o prêmio principal dos favoritos Freedom Wars e Velocity 2X, MLB 14 THe Show e Fez.

Child of Light The Binding of Isaac: Rebirth Freedom Wars Sword Art Online: Hollow Fragment

Escolhas dos Editores

The Binding of Isaac: Rebirth

Sid Shuman, US PlayStation.Blog

Esta viciante atração cresce mais e mais após repetidas jogadas, lembrando-nos que um jogo magistralmente criado não precisa de valores de produção altíssimos para ser um sucesso.

Hohokum

Justin Massongill, US PlayStation.Blog

Uma experiência mágica e eterna, Hohokum parece com aquelas férias tão merecidas. Os divertidos comandos de Honeyslug agem como a cola (ou é o guano?) e combinam perfeitamente com a sublime trilha sonora de Ghostly para o bizarro e lindo mundo de Dick Hogg

Freedom Wars

Ryan Clements, US PlayStation.Blog

Aprisionados e desprovidos de qualquer sensação de poder, os jogadores de Freedom Wars enfrentam um sentimento mórbido a cada erro, o que só torna o progresso por esta elegante aventura ainda mais prazeroso.

Luftrausers

Nick Suttner, PlayStation Developer Relations

Como o grande Spelunky antes dele, Luftrausers parece com os jogos para os quais o Vita foi criado: uma tensa e horripilante luta pelas lentes de mestre Vlambeer. É o lugar para onde a bala do inferno vai quando morre.

OlliOlli

Fred Dutton, EU PlayStation.Blog

Este apareceu do nada em janeiro passado, anunciando a chegada de um novo e imenso talento de desenvolvimento da Roll7. Espere que a sua ultrajante sequência, Not a Hero, tenha uma boa chance de vencer esta categoria no próximo ano.

PS-SymbolsPS-SymbolsPS-SymbolsPS-SymbolsPS-Symbols

Melhor jogo digital

Na categoria digital, a Sucker Punch obteve uma vitória decisiva para a sequência inFAMOUS Second Son, apesar da disputa ter sido dura entre os finalistas. Menções honrosas para The Walking Dead: Season Two, The Wolf Among Us e Transistor.

inFAMOUS First Light The Walking Dead S2 Outlast The Binding of Isaac: Rebirth

Escolhas dos Editores

Secret Ponchos

Sid Shuman, US PlayStation.Blog

Uma bela inovação em PvP graças à ótima jogabilidade, personagens apelativos e direção de arte sedutora. 2v2 Domination é um dos jogos mais compulsivamente competitivos que eu joguei em anos. Um claro destaque entre a multidão de competidores.

Transistor

Justin Massongill, US PlayStation.Blog

Não consigo pensar em uma equipe complementar mais talentosa do que a equipe da Supergiant. A melancólica trilha sonora de Darren casa perfeitamente com a exuberante arte de Jen, tudo muito bem amarrado por um duro combate do tipo jogue como quiser – e a narração com voz de veludo (algumas vezes inquietante) de Logan.

TowerFall Ascension

Ryan Clements, US PlayStation.Blog

TowerFall pode criar ou acabar com relacionamentos. Uma excelente experiência multiplayer com plena confiança em seu estilo gótico. Esta ampla gama de opções e modificadores garantem disputas novas e acirradas.

The Swapper

Nick Suttner, PlayStation Developer Relations

Já que sou incapaz de escolher com frieza entre o trio para PS4 Sportsfriedns/TowerFall/Nidhogg, aproveitarei a oportunidade para demonstrar meu amor por The Swapper, um dos mais bacanas, subversivos e inteligentes jogos de enigmas que eu já experimentei.

Rogue Legacy

Fred Dutton, EU PlayStation.Blog

Joguei títulos semelhantes a Cellar Doord Games mais do que qualquer outros em 2014 – e não chegou nem perto. Uma e outra vez eu ressurgi de suas fascinantes profundezas – e o novo jogo++++++++++ foi tão divertido quanto o primeiro. Sequência por favor.

PS-SymbolsPS-SymbolsPS-SymbolsPS-SymbolsPS-Symbols

Melhor da PS Plus

BioSchock Infinite provou ser o grande favorito dos membros da PlayStation Plus em 2014, apesar de Injustice para PS4 ter ficado com uma confortável segunda colocação. Menções Honrosas para The Binding of Isaac, Outlast e Dragon’s Crown.

BioShock Infinite Injustice: Gods Among Us Ultimate Batman: Arkham City Tomb Raider

Escolhas dos Editores

Outlast

Sid Shuman, US PlayStation.Blog

O ano de ótimas ofertas da PS Plus fez desta a mais difícil categoria. Finalmente, precisei escolher Outlast – foi o único jogo de sobrevivência e horror que eu precisei parar por medo de um ataque cardíaco.

The Binding of Isaac: Rebirth

Justin Massongill, US PlayStation.Blog

“É claro que eu atiro”, pensei enquanto descia para o sombrio e demente (e confusamente bonito) porão de Edmund McMillen pela primeira vez. Semanas depois, ainda não tenho certeza se já voltei para o mundo real. Enviem ajuda.

BioShock Infinite

Ryan Clements, US PlayStation.Blog

Os saltos de  tirar o fôlego, a atenção ao detalhe, a jogabilidade perfeita; é impossível esquecer os melhores momentos de BioShock Infinite, o que resultou em um tremendo jogo da Plus.

Velocity 2X

Fred Dutton, EU PlayStation.Blog

Foi ótimo ver a estreia de grandes títulos digitais na PS Plus em 2014 e o frenético híbrido de alta velocidade da Futurlab foi realmente um grande destaque. Poucos outros jogos em 2014 foram tão elegantes, pegajosos e sem defeitos.

Don’t Starve: Console Edition

Dan “Shoe” Hsu, PlayStation Developer Relations

Você baixou esse jogo quando ele era gratuito para os assinantes da PS Plus, certo? NÃO BAIXOU? Não se desespere. É barato e vale todo o dinheiro e tempo.

Tomb Raider

Felipe Covanzi, PlayStation.Blog BR

Neste ano, a PS Plus se consolidou de vez aqui no Brasil, com grandes títulos. E Tomb Raider é um daqueles capazes de fazer qualquer um querer assinar o serviço. Para quem sempre foi fã de Lara Croft, essa é uma história que não se pode deixar para trás.

PS-SymbolsPS-SymbolsPS-SymbolsPS-SymbolsPS-Symbols

Aguardados de 2015

Facilmente a votação mais disputada da premiação deste ano. Uncharted 4: A Thief’s End dominou a votação da comunidade desde o começo. Menções honrosas para Bloodborne e The Witcher 3: Wild Run, com ótimas participações.

Uncharted 4: A Thief’s End Batman: Arkham Knight Persona 5 Metal Gear Solid 5: The Phantom Pain

Escolhas dos Editores

Batman: Arkham Knight

Justin Massongill, US PlayStation.Blog

O cavaleiro das trevas faz a sua estreia no PS4 este ano, e ele nunca esteve tão bem. Com transições perfeitas entre jogabilidade e cinemática, um novo vilão criado em conjunto com a DC Comics e o incrível Batmóvel, Arkham Knight promete ser um dos melhores títulos de 2015.

The Witcher 3: Wild Hunt

Ryan Clements, US PlayStation.Blog

A equipe da CD Projekt Red tem uma paixão quase irreal pela fantasia. Não há outra explicação para este mundo imenso, erudito, cheio de realismo e corajosas batalhas de Witcher 3.

N++

Nick Suttner, PlayStation Developer Relations

Escolha muito difícil, mas fico com a Metanet – o seu N++ infernalmente difícil fica melhor cada vez que sou feito de bobo, e o modo de corrida multiplayer é o que há de melhor  enquanto persegue você como um míssil controlado por um de seus amigos.

Bloodborne

Fred Dutton, EU PlayStation.Blog

Hidetaka Miyazaki poderia lancer um app para orçamento doméstico que eu seria o primeiro da fila.

Evolve

Dan “Shoe” Hsu, PlayStation Developer Relations

Ah, cara, essa foi muito difícil de escolher, mas com base em algumas partidas que joguei na E3 2014, diria que Evolve será o título mais jogado em 2015. A jogabilidade assimétrica de quatro jogadores em uma tela imensa é cheia de emoção. Não posso esperar.

Uncharted 4: A Thief’s End

Felipe Covanzi, PlayStation.Blog BR

Ansiosíssimo para ver como Drake vai se sair no PS4. Pelo que vi até agora, Uncharted 4 tem tudo para ser um dos melhores jogos de 2015. Mas até aí eu sou suspeito para falar, já que sou fã da franquia. Certamente vai estar na minha prateleira.

PS-SymbolsPS-SymbolsPS-SymbolsPS-SymbolsPS-Symbols

Estúdio do ano

Os fãs fizeram fila para apoiar seus estúdios preferidos, com Naughty Dog e Rockstar North lutando pelo prêmio Platinum. Menções honrosas para Monolith Productions, From Software e Ubisoft Montreal.

Naughty Dog Rockstar North Bungie Bioware

Escolhas dos Editores

Monolith Productions

Sid Shuman, US PlayStation.Blog

A superioridade de Shadow of Mordor fez com que esse estúdio veterano de Kirkland alcançasse um novo e empolgante território. O sistema Nemesis é a mais satisfatória inovação em jogabilidade que eu provei este ano.

Square Enix

Justin Massongill, US PlayStation.Blog

Poderia explicar as maneiras pela qual Final Fantasy XIV: A Realm Reborn é um triunfo em design MMO, mas ao invés disso parabenizarei a equipe por traz dele por sempre escutar (e se comunicar) com seus fãs, adicionando constantemente novo conteúdo e mais importante: visivelmente amando cada minuto.

Bungie

Ryan Clements, US PlayStation.Blog

É melhor deixar para uma equipe lendária a criação de um universo inspirador que sem dúvida será o lar de muitas aventuras durante anos. Bravo para todos os envolvidos.

BlitWorks

Nick Suttner, PlayStation Developer Relations

Sim, muito trabalho para Spelunky participar da premiação deste ano! Mas, falando sério, a BlitWorks fez um trabalho incrível na migração para PS4, bem como Fez, Don’t Starve e OlliOlli para outras plataformas PS. Basicamente, eles são a razão pela qual muitos dos jogos digitais mais legais rodam melhor no PlayStation. Respeito!

FromSoftware

Fred Dutton, EU PlayStation.Blog

Muito foi dito sobre como Dark Souls II por uma ‘equipe B’ do estúdio, enquanto Miyazaki e companhia aprontavam Bloodborne. Se este é algum sinal de força e alcance de sua equipe criativa, estou classificando eles como uma equivalente à Pixar no desenvolvimento de jogos… embora com muito mais medo, horror e miséria.

Rockstar North

Felipe Covanzi, PlayStation.Blog BR

Levar Grand Theft Auto V para o PlayStation 4 foi uma das coisas mais legais de 2014, marcando o início da Era de GTA na nova geração. O modo primeira-pessoa conseguiu atrair mais fãs para a franquia, que já aguardavam ansiosamente por uma experiência diferenciada de GTA no PS4

 

Comments are closed.

4 Comments

  • caramba!!…,GTA 5 não ta em nenhuma dessas listas,isso e uma surpresa pra mim….

    já com relação aos melhores jogos do ano para a PS PLUS,eu colocaria tomb raider a frente do bioshock infinite…,na minha humilde opinião…

  • gabriel-lisboa83

    Queremos o codigo de 10% prometido na queda da PSN do Natal. Ele serve pra filmes, expansões, dlcs, etc ne???

  • MangyComic74

    Deveriam ter separado PS4 e Vita na votação dos mais aguardados de 2015. Todos os jogos são de PS4. Alias, o post de votação nem foi divulgado neste Blog BR.

    Felipe, agora falando sério, você podia falar com seus colegas do Blog Americano para criarem um texto falando do que esperar do PS Vita para 2015. Não é possível que ele seja aposentado tão cedo.

  • se eles aposentar o ps vita logo eu nunca mes compra nada da sony e por cima ainda mudo de consoles e passa para concorencia.

Please Enter Your Birth Date

This content can be viewed only by people who meet the minimum age requirement.