Estúdios indies vão marcar presença no estande de PlayStation

20 0
Estúdios indies vão marcar presença no estande de PlayStation

Nem só dos grandes estúdios tradicionais vive a Brasil Game Show! Este ano, os estúdios indies vão estar em grande quantidade na feira, e no estande de PlayStation não seria diferente. Durante os dias do evento, você terá a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre o que vem por aí para as plataformas de PlayStation. Confira quais estúdios estarão no nosso estande:

Estúdio: Behold Studios
País: Brasil
Jogo: Chroma Squad

O Chroma Squad é um RPG desenvolvido pelo estúdio indie brasileiro Behold Studios, em que você terá a função de gerenciar o estúdio de gravação de um seriado a la “Power Rangers”. Você vai precisar cuidar do cenário, contratar atores e fazer tudo o que for possível para conseguir mais audiência. O jogo será lançado para PlayStation 4 e PS Vita, e você poderá testá-lo em PS4 no estande de PlayStation.

choroma squad_divulgação

Estúdio: Freaky Creations
País: Equador
Jogo: To Leave

O jogo conta a história de Harm, um garoto que quer sair de sua cidade para começar uma vida nova. Para isso, ele se agarra a uma porta e precisa superar uma série de obstáculos que aparecem em seu caminho, uma metáfora aos obstáculos que temos na nossa vida. No ano passado o designer do game, Estefano Palacios, esteve na BGS e apresentou o jogo como sendo uma “autobiografia”. To Leave será lançado para PlayStation 4 e PS Vita e estará à disposição para ser testado no PS Vita.

to leave_divulgação

Estúdio: Ilusis Interactive Graphics
País: Brasil
Jogo: Krinkle Krusher

O Ilusis Interactive Graphics traz este ano para a BGS o Krinkle Krusher, tower defense com temática medieval para PS Vita. O estúdio aposta nos móveis, tanto que já tem um jogo lançado na PSN para PSP e PS Vita, o StreetKix: Freestyle, em que você compete com jogadas do futebol de estilo livre contra os oponentes.

krinkle_crusher_divulgação

Estúdio: Pocket Trap
País: Brasil
Jogo: Ninjin Clash of Carrots

Fruto de mais um estúdio brasileiro, Ninjin Clash of Carrots é um jogo baseado em iOS que o Pocket Trap traz para o PS Vita. Em uma temática oriental, você controla Ninjin, um coelho que precisa recuperar cenouras roubadas de sua vila. Para isso, você precisa enfrentar inimigos e derrotar chefes até passar de níveis.

Ninjin_divulgação
Agora, você já sabe um pouco mais sobre as principais atrações do estande de PlayStation na BGS. Se você perdeu alguma coisa, confira aqui e já se programe para aproveitar de tudo.

Está ansioso para a BGS, mas não vai poder conferir de perto? Então fique atento aqui no PlayStation.Blog BR segunda-feira às 11h (horário de Brasília) que você vai ter a chance de mudar esse cenário. Até lá!

Os comentários estão fechados.

20 Comentários

  • segunda feira,11:00 hrs? quer dizer que a conferencia sera nesta data?

  • ChicaumBala

    Ahh fala serio !! Jogo indie no PS4 não!!!

  • Pra quem for na BGS vai ser prato cheio… tem tudo!

  • Glayconn_Dantas

    Indie meu piru!!não aguento mais ver essas porra!

  • gabriel-lisboa83

    Wow, adoro jogo indie, vou comprar um ps4 SÓ para jogar os indies, nada de AAA, tão bom estes jogos de 8 bits, raramente 16 bits, pra explorar todo potencial do hardware do ps4 #zoando #SQN #faleserio #90%dosjogosps4sãoindies #dessejeitonãoquerops4tãocedo

  • rafaelethay

    Sonyntendo kkk mais jogos indies ahh não acho que comprei um supernintendo enganado achei que era ps4 nex gen hahaha

    daqui algum tempo sony vai falir igual nintendo só tem mario rsrsrsrs…

  • Dudley_Boxista

    mimimi não gosto de indie, mimimi não comprei PS4 pra jogar indie.

    Não gosta não compra, ninguém tá te obrigando a nada. Vocês gostam de AAA, que bom, eu gosto de jogo bom, e tem muito AAA que passa longe de ser bom.

    A sony tá fazendo um excelente trabalho junto aos indies, trazendo diversos títulos pras suas plataformas.

    Esse repúdio só mostra o quanto lhes falta entendimento no assunto.

  • Hoje ja pode se dizer q tem bastante jogo top pra ps4. Tanto AAA quanto indie. Tem indie q é ate mais rico q alguns AAA. Child of lighter, variant, guacamele, …………

    Ai pessoal, cade a atualização do ps4 com os temas? Vai dar noticia de nada nao?

  • Legal esse suporte para desenvolvedores menores, mudando de assunto, gostaria de saber se a sony irá disponibilizar aquele aplicativo de Headset que tem na PSN americana aqui na nacional também, tenho um gold wireless e um pulse elite, uma coisa tão simples que ainda não esta disponível para o pessoal aqui no Brasil.

  • essa galera q nem sabe qq eh indie game fica falando merda !! tudo Playboyzinho de merda q pra ele o melhor jogo é COD !

  • GANHOU MUITOS PONTOS COMIGO SONY!! ensina pra essa molecada qq eh jogo BOM !!

  • + Dudley_Boxista
    Concordo com você!
    O pessoal tá nessa onda de “odeio indies”, mas não percebe que não importa quem seja o desenvolvedor, jogos são jogos! O foco é a diversão!

    Se não fosse esse apoio que a Sony dá à desenvolvedores independentes, como 3 estúdios brasileiros poderiam facilmente lançar jogos na PSN?

  • Definitivamente, 90% do pessoal que vem aqui é pra reclamar, não entendem que o apoio aos desenvolvedores INDIES foi o verdadeiro foco do post, cara é um saco isso “neguinho só reclama” , galera se vocês com certeza pararem pra analisar esses caras ai que estão recebendo essa oportunidade isso é um avanço e tanto pra um desenvolvedor, eu apoio totalmente a iniciativa de indies em console de grande porte, pois tem muito Jogo indie bom rolando, mas, o simples fato de não rodar a 1080p é motivo pra todo mundo meter o pau no console, no jogo, na Sony, em todo mundo..
    Daí, se paramos pra analisar, o mesmo cara que reclama de só ter saído indie no PS4, também é o cara que reclama de ter que pagar 200 R$ num game AAA, que reclama da Psn Plus ser obrigatória pra jogar (PS4), é o eterno mimimi…
    Se você não está satisfeito com Games Indie no console, todo mundo respeita isso, mas não desfaça do desenvolvedor , pois essa oportunidade, mesmo que pra lançar um jogo de baixa qualidade, foi a chance da vida dele, Cara, é Playstation, então o fato dos stands É definitivamente uma ótima iniciativa.
    Que eu apoio totalmente.

  • gabriel-lisboa83

    Nossa, as “índiazinhas” já aparecem pra “não fale mal do meu joguinho…” momento nenhum falei “ODEIO INDIE” tanto pq considero alguns legais, como Limbo e para aquele que falou que a Ubisoft é produtora “indie” citando um jogo “pequeno” e recente desta , melhor estudar sobre o assunto game mesmo!!! Talvez essa pessoa nem saiba que esse jogo pertence a Ubisoft kkkk

    O que eu reclamei em questão foi “90% dos jogos são indies” e não que “odeio” se falei “adoro” zoando não quer dizer que necessariamente odeio, mas posso gostar de ALGUNS. (lembra negação das proposições em raciocinio lógico rsrsrs)

  • gabriel-lisboa83

    Então, quando falei 90% quis me referir a QUANTIDADE de jogo de pessima qualidade… podemos dizer que dentre esta porcentagem, de cada 10 jogos lançados 2 ou 3 são otimos, 1 ou 2 são mais ou menos e 5 a 7 são uma merda… vamos lembrar do ultimo jogo gratuito do Plus, aquele TxK, ou jogos do nivel de “the binding of isaac” entre muitos que lembram meu bom e velho Atari, naquela epoca tive jogo que o objetivo era só fazer a galinha atravessar a rua, e cada carro em sua faixa andava numa velocidade diferente… chegando no outro lado da rua, “zerava”, bom naquela epoca isso era o máximo… jogo bom pra mim é quando tem um objetivo… e historia rica… se a marioria dos indies tivessem conteudo, ate valeria a pena.. mas muitos não passam de “ajudar a galinha a atravessar a rua” em graficos 8 bits… lamentável…..

  • + gabriel-lisboa83
    Não há necessidade de ofender os outros por ter uma opinião contrária à sua.
    Leia a informação ao lado =>
    “ESPAÇO PARA TODOS, MAS NÃO BAIXE O NÍVEL.”

    O que queremos dizer é que não faz sentido reclamar dos jogos independentes. Por quê?

    O fato de jogos “indies” serem lançados na plataforma não impacta em NADA o lançamento de títulos de grandes desenvolvedoras, os famosos “AAA”.

    Se a Sony não facilitasse a publicação dos independentes, os AAA seriam os mesmos, nem mais nem menos, mas ninguém teria acesso aos vários “joguinhos” de pequenas desenvolvedoras.

  • gabriel-lisboa83

    Respondi a “altura” da forma que falaram de mim… “mimimi” ta registrado la tb!!! “fale com os outros da forma que falam contigo” então vamos estudar a Reciprocidade!!! 🙂

    Acho que esta com problema de interpretação.. eu falei da QUANTIDADE e não da QUALIDADE. Não é dificil saber a diferença… por mim pode ter indie a vontade, mas na quantidade adequada!! quando falei 90% quis me referir literalmente a de cada 100 uns 90, entendeu? Considero poucos os jogos bons, sejam AAA ou “indies bons”, predomina jogo ruim, opnião minha, e assunto encerrado!!! “mimimi” seria continuar nessa conversa!!!

  • Cara, também estou falando em quantidade! Você que não está entendendo!
    Vou exemplificar pra você usando a mesma porcentagem que você citou:

    – Supomos que a Sony não desse suporte aos independentes, o que teríamos: O PS4 com 10 jogos de grandes desenvolvedoras.

    – Como é hoje: O PS4 tem 10 jogos de grandes desenvolvedoras + 90 jogos independentes.

    O que mudou? Apenas MAIS opções de jogos para você escolher!

    O fato de ter ou não Indies em uma plataforma não vai afetar a QUANTIDADE de jogos lançados por grandes desenvolvedoras!

    E nesse negócio de olho por olho todo mundo acaba cego…

  • gosto de alguns jogos indies. mas tudo é questão de gosto falar disso pra mim é besteira tem ruim e bom pra todo mundo

  • + JeffsonP É bom perceber, que certos companheiros de blog, conseguem assimilar opiniões divergentes de suas próprias, e ainda assim manter um certo nível, ou simplesmente escrever de forma adequada, não levando em conta , claro, à falta de possíveis aulas de interpretação de texto, e português…ao invés de rotular os demais.

    Mas interessantíssima sua postura e posição quanto aos Indies,+ JeffsonP.
    Demonstrando um exímio gosto para games, o que vale a pena ser ressaltado, mais do que nunca devo deixar bem claro que compartilhamos da mesma opinião refente a este assunto. Ninguém perde, todos ganham, mais opção ,novas experiências.

    É extremamente complexo, rotular uma pessoa que não se limita, apenas a reclamar, e não enxergar as diversas opções que temos por ai.

    INDIAZINHA, o autor dessa palavra com certeza deveria não se limitar a tentar ser o dono da verdade, e aceitar que uma das tendências é que os games Indies, cresçam cada vez mais.

    Estude o assunto, estude as possibilidades, chega de “Mimimi…” e sim, dessa vez esse comentário foi especialmente pra você
    + gabriel-lisboa83, diferente de minha primeira postagem, onde até onde sei, não citei, ou direcionei nada à sua pessoa.

Por favor, informe a sua data de nascimento.