Testamos Resistance: Burning Skies para o PS Vita

3 0
Testamos Resistance: Burning Skies para o PS Vita

Desde quando o PS Vita foi revelado em janeiro, as duas alavancas analógicos do portátil prometeram uma experiência adequada para jogos de tiro em primeiro pessoa. Com o anúncio de Resistance: Burning Skies durante a coletiva de PlayStation na gamescom, vimos que o futuro dos jogos de tiro portáteis será muito brilhante.

Assim que a coletiva terminou, me encontrei com Rob Huebner da desenvolvedora Nihilistic, que deu alguns detalhes do que podemos esperar do primeiro FPS para o Vita. Na manhã seguinte, Huebner e o produtor Frank Simon apresentaram um passo a passo para a mídia internacional.

Huebner afirmou que o objetivo principal do estúdio era criar uma “experiência sem cortes e com todos os elementos que você espera de um jogo Resistance”. A demonstração de Burning Skies se encaixa perfeitamente com o universo Resistance, mas traz recursos significativos, que leva a interatividade a um novo patamar. Como mencionado na coletiva, você irá enfrentar os Chimeras com novas armas, tudo sob a perspectiva do protagonista Tom Riley, um bombeiro na cidade de Nova York.

Resistance: Burning Skies para PS Vita

Burning Skies acontece pouco antes de Resistance 2, preenchendo os anos perdidos e uma visão aproximada do dia em que os Chimeras chegaram a Nova York. Huebner e Simon nos guiaram pela Ilha Ellis, que, no universo alternativo do jogo, se trata de um centro de pesquisas da SRPA. A base está sobre ataque dos Chimeras, que querem recuperar algo de seu interesse a todo custo. Uma arma, talvez?

Ao jogar a demo, descobrimos algumas surpresas naquele domínio. Eu rapidamente coloquei as mãos em uma arma Chimera chamada CFG (cluster fire gun). Ela disparava pequenas rajadas de munição quebradiça que se etilhaçava com o impacto, um ótimo recurso para atingir alvos moles, como a tenra carne dos Chimeras. A CFG tem um modo de tiro alternativo, tradição de Resistance. A maneira como se ativa este modo, no entanto, é algo único para o PS Vita. Um toque rápido na tela coloca a mira em alvos múltiplos. Dispare e todos eles caem rapidamente.

Resistance: Burning Skies para PS Vita

Esse método de disparo alternativo por toque também se aplicou ao conhecido rifle Carbine. Para disparar com o lança-granadas do tambor secundário, basta tocar na direção deseja, e lá vai ela causar uma explosão com fragmentos. Para lançar granadas, basta tocar na direção aonde quer mandar uma, um ícone aparece acima de seus dedos para indicar o quanto você está preparando a granada, então aparece um arco indicando o movimento para jogá-la.

A tela sensível ao toque também permite funções corpo a copo. Um ícone mostrando um machado de bombeiro (naturalmente) aparece na tela, próximo ao botão Quadrado. Deslize seu dedo quando um Chimera estiver muito perto para reduzi-lo a uma pilha de carne espacial. Frank Simon, que conduziu a demo, executou um golpe fatal furtivamente em um inimigo distraído.

Resistance: Burning Skies para PS Vita

Os desenvolvedores também demonstraram a roda de armas, uma ferramenta adorada pelos fãs de Resistance. Você pode trocar de armas como já está acostumado a fazer nos jogos para console, ou simplesmente tocar aquele rifle que está querendo diretamente na tela.

Pode parecer que há muita interação com a tela de toque, mas a Nihilistic está sendo seletiva com suas implementações. Huebner disse que eles vão aproveitar “as capacidades do PS Vita que fazem sentido” em Burning Skies. O toque é usado para manter você na acão e longe dos menus.

A última nova característica inédita para a série é um sistema de cobertura em primeira pessoa, não diferente do encontrado na série Killzone. Se você estiver abaixado atrás de algumas estruturas, vai entrar no modo de cobertura automaticamente. Opcionalmente, você pode inclinar seu Vita para ver acima ou ao redor da cobertura, ou pode mirar do jeito tradicional com o L1. Se ficar levantado ou for para trás, sairá da cobertura – nada de ficar preso.

Devemos dizer que Resistance: Burning Skies é um jogo de tiro atraente. “Não temos que comprometer o lado visual só por que é uma plataforma portátil”, disse Huebner. “Aqui temos todos os efeitos especiais que você espera em um jogo de PS3. E a demo que apresentamos rodou sem interrupções do começo ao fim – nenhuma tela de loading pelo caminho.”

Resistance: Burning Skies para PS Vita

Voltando à demo. Agora equipado com uma minigun, Riley se aventurou pelo base clandestina na Ilha Ellis, onde cientistas humanos trabalham para reverter a engenharia do arsenal dos Chimeras. Por sorte, eles deixaram uma melhoria para a minigun, que a deixou ainda mais letal.

E você vai precisar de todo o poder de fogo que puder juntar, já que Resistance: Burning Skies manda um monte de coisas para cima de você. Os desenvolvedores mostraram as capacidades do Vita ao lotar uma sala com hordas de Chimeras de múltiplos tipos. Após ceifar as vidas dos inimigos (e dos reforços também), a verdadeira ameaça se revela: um grande Chimera, três vezes maior do que os que você viu até então… e, aparentemente, ele é apenas um mini-chefe.

A demo terminou aqui, mas não antes de deixar claro que Resistance: Burning Skies está no caminho certo para cumprir a promessa de se tornar o primeiro jogo de tiro adequado para um portátil.

Os comentários estão fechados.

3 Comentários

  • SoulSlayer79

    Adorei o jogo, está impecável, a unica coisa que não me agradou foi a animação dos Chimeras (acho q é isso) explodindo, poderiam fazer uma animação melhor, mas ainda tem muito chão pela frente e espero que façam isso.

    Ano que vem com certeza pegarei um Vita, nem q tenha q vender um rim.

  • Muito bom mesmo. Gráficos exelentes, parece que a jogabilidade é ótima, e o enredo… é Resistence! O que eu devo dizer?!

  • Arthur_kurtlin

    Muito legal! Meus favoritos são os jogos FPS e com os recursos do VITA vai ficar Legal x 30 .
    Poxa to esperando que os DLCs de Killzone3 sejam lançados na PSN Brasil , principalmente o Chuva de aço, alguma previsão ? Podia rolar uns concursos culturais no blog pra animar as coisas né ? fica a sugestão hauhua.

Por favor, informe a sua data de nascimento.