PlayStation.Blog
Sound Shapes para PS Vita

PlayStation All-Stars: Detalhes Sobre Kat e Emmett, Novo Cenário Revelado

Omar Kendall's Avatar + Postado por Omar Kendall on dez 04, 2012 // Game Director, SuperBot Entertainment

Já faz algum tempo desde que Seth revelou Kat e Emmett, então eu achei que seria legal dar uma passada aqui e contar a vocês um pouco sobre a filosofia por trás desses dois grandes futuros personagens de PlayStation All-Stars Battle Royale. A equipe e eu participamos de um evento na Santa Monica Studios ontem à noite onde demos aos jornalistas presentes a primeira oportunidade de testar o nosso novo DLC, incluindo um cenário inédito, então eu queria dar a todos vocês uma amostra dos movimentos dos novos personagens e mostrar o nosso mais novo cenário, Fearless! Estou ansioso para falar sobre tudo isso, então vamos começar.

PlayStation All-Stars: Gravity DashPlayStation All-Stars: Gravity Attraction

Gravity Rush chegou ao PlayStation Vita em junho, apresentando a heroína Kat. Seus incríveis poderes gravitacionais, combinados com uma personalidade realmente encantadora, fizeram com que ela se tornasse instantaneamente popular e, portanto, uma candidata óbvia para PlayStation All-Stars. Ao olharmos para o estilo de Kat em Gravity Rush, duas coisas chamaram a nossa atenção: sua dependência em mobilidade aérea e seu arsenal de chutes poderosos. Sentimos que era importante usar esses elementos como a base do estilo de luta de Kat e, portanto, sua lista de movimentos em PlayStation All-Stars faz uso dessas duas coisas.

Por exemplo, Kat não tem um pulo duplo. Em vez disso, ela depende da habilidade Gravity Dash, um mini modo de vôo em oito direções, para se mover pelo ar. Este movimento cancelável garante a Kat um nível sem precedentes de mobilidade aérea e potencial de ataque.

PlayStation All-Stars: Kat Level 1

Outro exemplo é sua habilidade de usar seus poderes de manipulação da gravidade diretamente contra seus rivais. Kat cria poços de gravidade, que sugam oponentes próximos por meio de seu ataque Gravity Attraction. O estilo de luta de Kat é mais eficaz quando ela está próximo de seus oponentes, e embora sua mobilidade aérea e seus variados chutes permitam que ela cheguem bem perto deles, o Gravity Attraction faz com que ela puxe os oponentes diretamente na direção dela. Para se dar bem com Kat, é necessário que jogador use todas as habilidades dela em harmonia, e o Gravity Attraction é essencial para conseguir isso.

Eu também queria dar a vocês uma amostra de um dos Supers de Kat. O Super de nível 1 de Kat, Gravity Squeeze, é baseado no ataque final que ela normalmente usa para derrotar os chefes em Gravity Rush. Kat pula em direção ao oponente, roubando uma enorme orbe de energia. Ao destruir a orbe, a vítima explode. Se outro personagem é pego pela rajada de energia resultante, ele explode também! Este é um Super muito poderoso, mas exige que o jogador seja inteligente para maximizar o pontos.

Este ano também tivemos o lançamento de Starhawk, um jogo ambientado em uma selvagen fronteira galáctica onde a busca pela Energia Rift tem consequências terríveis para os humanos. O protagonista de Starhawk, Emmett Graves, consegue bem essas consequências, pois teve seu corpo transformado para sempre pela exposição à Energia Rift. Emmett utiliza diversas armas criadas com tecnologia avançada, mais precisamente o sistema Build & Battle de Starhawk. É esta mecânica em particular que fez a equipe de PlayStation All-Stars se interessar por Emmett.

PlayStation All-Stars: Shotgun Mine

Os primeiro dos dois movimentos Build & Battle mais importantes de Emmett são o Aerial M.A.W Rocket Launcher e o Tetranite Grenade Bunker. Isso permite que Emmett solicite uma casamata que, quando utilizada, muda completamente as armas utilizadas por ele. O Aerial M.A.W Rocket Launcher dá a Emmett acesso um poderoso projétil de longa distância. O Tetranite Grenade Bunker fornece um ataque igualmente devastador, tanto em termos de geração de PA quanto de versatilidade, e é usado principalmente para impedir o avanço dos oponentes à frente de Emmett. Ambas as armas são lentas, mas compensam pelo incrível poder de fogo.

O segundo, mas igualmente importante movimento Build & Battle que eu gostaria de mencionar é o Union Shotgun e R-Secs Proximity Mine Bunker. Como o movimento anterior, uma casamata separada é trazida do espaço, desta vez com uma potente escopeta e minas explosivas. Este movimento fornece a Emmett ataques rápidos e poderosos de curto alcance por meio de uma escopeta e excelente controle espacial por meio de minas explosivas persistentes. Nenhuma dessas armas oferece o mesmo alcance do movimento anterior, então bons jogadores terão que aprender a alternar entre os dois dependendo da situação.

PlayStation All-Stars: Rocket GrenadePlayStation All-Stars: Hawk

Que armamento aintpessoal do universo de Starhawk pode ser melhor do que o incrivelmente versátil Hawk? Em seu Super de nível 3, Emmett controla o Hawk em sua configuração de mech e pode eliminar seus oponentes com uma metralhadora e traiçoeiras minas flutuantes. Mas se tudo isso falhar, Emmett pode transformar o Hawk para modo de vôo e lançar uma chuva de balas que é bem difícil de sair ileso. É um Super impressionante, que condiz com um universo repleto de tecnologia.

Antes de ir, gostaria de mostrar para vocês o que planejamos para o nosso mais novo cenário, que ganhou o nome de Fearless durante o processo de desenvolvimento. Fearless é uma arena que mistura o mundo de fantasia de Heavenly Sword com as pistas futuristas de WipEout. No curto período que estivemos trabalhando nela, Fearless se tornou um dos cenários favoritos da equipe, e acredito que vocês entenderão a razão disso.

PlayStation All-Stars: Fearless Top

A ação em Fearless começa no topo de uma alta coluna sustentada por cordas gigantescas, criando uma cena retirada diretamente do mundo de Heavenly Sword. Os personagens batalham diante dos soldados das forças de Bohan. É um espaço de tamanho médio, livre de plataformas, e oferece um dos ambientes mais calmos que você pode encontrar em PlayStation All-Stars.

PlayStation All-Stars: Fearless Bottom

Ao fundo, porém, o som das corridas antigravitacionais pode ser ouvido, e no decorrer da partida, uma familiar corrida de véiculos flutuantes se materializa no cenário. Rapidamente, a batalha é interrompida assim que uma das naves de WipEout atinge a coluna, e os lutadores caem em uma nova parte, mais vertical, do cenário, com a pista passando bem no meio do campo de batalha! Qualquer personagem que tiver o azar de cair na pista ou ficar no caminho dessas naves paga um preço caro – literalmente –, recebendo uma grande penalidade de PA. Saber como tirar proveito dos movimentos do seu personagem enquanto evita os perigos da pista de corrida é o segredo para dominar a batalha em Fearless.

Ainda temos muito trabalho pela frente para completarmos Kat, Emmett e o cenário Fearless, mas eu espero que você tem gostado do que leu e viu aqui. Achamos que esses novos personagens e cenário se encaixam bem no jogabilidade já estabelecida de PlayStation All-Stars, mas, ao mesmo tempo, espandem as noções do que é possível fazer do nosso sistema de luta. Não vemos a hora de disponibilizar essas novidades no início do ano que vem, mas ainda há muito o que fazer até lá. Dito isso, vou voltar ao trabalho agora.

//Comente também

1 Comentário

1

+ leahndro86 em dezembro 11th, 2012 às 9:29 pm disse:

gostaria muito q arrumasse o modo online do jogo , acabando com os erros ! e q lança-se uma dlc q desse mais consistência ao modo sozinho talvez criando uma história durante o jogo , ou mais desbloqueáveis talvez roupas ou personagens novos, pois isso daria uma vida útil , maior ao jogo. a jogabilidade esta ÓTIMA , realmente esta IMPECÁVEL , porem esses defeitos acabam tirando o brilho enorme q esse jogo poderia ter!!!
minha nota!
com bugs online: 7.0 bom
solucionando bugs:10.0 ótimo
se alem de arrumarem bugs , lançarem a dlc q falei ( e q nós fãs desejamos) nota:1000.0 GOTY


Os comentários estão encerrados. Os comentários são desabilitados para posts com mais de 30 dias.